Aracaju, 22 de setembro de 2021

Jairo reivindica uma agência do Banese em Monte Alegre

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

O deputado estadual Jairo de Glória (PRB), reivindicou na tribuna da Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese), na manhã desta quarta-feira, 17, que Governo do Estado, por meio da direção do Banese, instale uma agência bancária na cidade de Monte Alegre, principalmente com o fechamento da única instituição financeira, o Banco do Brasil.

O parlamentar registrou uma manifestação pacífica que ocorreu na cidade de Monte Alegre, por conta da situação. Ele relatou também, que a região não deve ser esquecida pelos governos Federal, quando fechou a agência do Banco do Brasil, e nem Estadual alegando não ser viável a instalação de uma agência do Banese em Monte Alegre.

“Existe um Banese em Canindé de São Francisco, Porto da Folha, Nossa Senhora da Glória e Poço Redondo. Em Monte Alegre só existe um Ponto Banese e não é justo que as pessoas tenham que se deslocar de Monte Alegre para Glória ou outra cidade. Não é justo que os trabalhadores rurais, que guardam suas finanças em uma instituição financeira tenha que sair para seu município de origem”, ressaltou.

Ele propôs que com advento da saída do Banco do Brasil, os colegas parlamentares se reúnam com a Comissão de Economia e Finanças da Casa Legislativa para levar essa demanda ao Governo do Estado e, consequentemente, ao superintendente Banese com o intuito que o sertanejo não sofra mais como já vem sofrendo. “Faço esse apelo por que Monte Alegre é uma cidade economicamente viável que produz grãos, é uma das maiores bacias leiteiras do Estado e não se detém de uma instituição financeira.

Foto: Jadilson Simões

Por Kelly Monique Oliveira

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Mimi do Acordeon e Douglas Gavião no primeiro Forró no Parque
Após 11 dias de greve, Maruim continua sem prazo de pagamento
Cassação assusta o governo
Doação: Unit recebe 500 vade-mécuns entregues pelo senador Alessandro Vieira