Aracaju, 27 de setembro de 2021

Mais de 1600 irregularidades por furto de energia identificadas pela Energisa

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

As ligações clandestinas, caracterizadas por desvio de energia e fraude em medidores, conhecidas como “gatos”, trazem prejuízos para o setor elétrico, consumidores e riscos para quem realiza a ligação. Desde o início do mês de agosto, a Energisa Sergipe registrou 1.614 irregularidades por furto de energia elétrica, nos primeiros 15 dias de operação, nos municípios da Grande Aracaju, Agreste e Centro Sul.

A quantidade de energia recuperada, até o momento, está em torno de 3.800 megawatt-hora (MWh). O valor da energia elétrica recuperada seria suficiente para abastecer em torno de 52.000 imóveis por mês, com consumo médio de 73 KWh.

As ligações irregulares colocam em risco a vida das pessoas que realizam esse procedimento sem os requisitos técnicos de segurança, o que pode levar a um choque elétrico e danificar a rede de distribuição de energia ou podendo até causar um incêndio.

“O furto de energia também sobrecarrega os transformadores que podem queimar, levando a falta de energia nas localidades, além dos equipamentos domésticos que podem ser danificados por conta da queda na qualidade do fornecimento de energia elétrica”, alerta o coordenador de Medição e Combate a Perdas da Energisa Sergipe, Evandro Pereira Macedo.

Ainda segundo Evandro, as irregularidades resultam no aumento da tarifa de energia, pois a parcela dessas perdas faz parte do cálculo de reajuste tarifário da Agência Nacional de Energisa Elétrica – ANEEL. O prejuízo gerado com o furto de energia acaba sendo dividido entre todos os consumidores que pagam pela geração, transmissão e distribuição de energia elétrica.

Crime

Furtar e fraudar energia é crime, previsto no Código Penal Brasileiro. O responsável pelo ato pode ser condenado a até quatro anos de prisão, além de ter que pagar retroativamente os valores referentes à energia desviada, acrescidos de multa e podendo ter o serviço suspenso.

A denúncia da irregularidade pode ser realizada por meio dos canais de atendimento. A identidade de quem denuncia é mantida em total anonimato.

Canais de atendimento:

-WhatsApp (GISA) 79 981010715

-Aplicativo Energisa On;

-Call Center 0800 079 0196 (ligação gratuita);

-Site www.energisa.com.br em Serviços Online > Mais Serviços > Denuncie Furto de Energia.

Por Adriana Freitas

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Prazo para MEI regularizar débitos com a Receita termina dia 30
Plano de Desenvolvimento Econômico será apresentado no município de Estância
Gracinha Garcez é empossada como deputada estadual na Alese nesta segunda
Estado inicia pagamento dos servidores públicos nesta quarta-feira, dia 29