Aracaju, 19 de setembro de 2021

Defensoria recomenda à Deso comunicação prévia da suspensão do fornecimento de água

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

A Defensoria Pública do Estado de Sergipe, por intermédio do Núcleo do Consumidor, expediu Recomendação à Companhia de Saneamento de Sergipe (DESO) para que comunique aos consumidores, com antecedência de 24 (vinte e quatro) horas, a suspensão do fornecimento de água nos casos de manutenções preventivas e programadas.

O objetivo é evitar que o consumidor seja pego de surpresa com a falta de água. “O Núcleo do Consumidor vem recebendo diversas denúncias e reclamações da falta de água repentina em diversos bairros. Em alguns casos, verificou-se a inobservância do prazo mínimo de 24 horas de aviso prévio, assim como a ausência de esclarecimento acerca da natureza da manutenção técnica”, salienta o defensor público e diretor do Núcleo, Orlando Sampaio.

Na recomendação, a Defensoria Pública solicita a comunicação prévia à população com precedência mínima de 24 (vinte e quatro) horas nos meios de comunicação. Ademais, requer-se, no mesmo expediente, a publicização de informações a respeito da manutenção responsável pelo intervalo no serviço de fornecimento de água.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Chega a Sergipe neste domingo mais de 106 mil doses de Pfizer
Capitania dos Portos de Sergipe abre processo seletivo
Mulher é presa em flagrante pelo Denarc com centenas de munições, fuzil e drogas
Prefeitura realiza quarta edição especial do Programa Praia Limpa