Aracaju, 22 de setembro de 2021

Sucessão entrará em Dó Maior

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Diógenes Braynerdiogenesbrayner@gmail.com

Quando setembro chegar é provável que o tom para prováveis indicações de nomes à sucessão estadual mude e fique em “dó maior”. As conversam vão se acelerar e há alguns sinais de um quadro definido em relação a candidatos ao Governo. Caso o ex-prefeito de Itabaiana, Valmir de Francisquinho (PL), não dispute à sucessão estadual, o pleito acontecerá com apenas dois nomes em chances de assumir o Palácio Adélia Franco. Um já se tem: Rogério Carvalho, que não abre “nem para um trem, carregado de pólvora e um bêbado fumando charuto em cima”. O outro deve sair em outubro.

Lógico que essa previsão não é exata, porque partidos menores podem lançar chapas majoritárias e o ritmo da campanha passa a ser outro. Mas, numa visão de momento, o confronto sairá da própria base de apoio ao governador Belivaldo Chagas (PSD), tendo em vista que o PT lançará Rogério, independente da escolha do grupo. Isso está decidido. Quanto à disputa entre membros que permanecem na aliança, o prefeito Edvaldo Nogueira (PDT) e o deputado Fábio Mitidieri (PSD) trabalham seus nomes entre aliados, e um dos dois estará à frente como escolhido pelo Governo, depois de uma decisão da base.

Uma maioria no bloco admite que Mitidieri seja o escolhido pela solidez junto a prefeitos e lideranças do interior. Mas tem quem veja o nome de Edvaldo Nogueira impressionando na grande Aracaju, em razão da administração que vem realizando. São fatos que devem ser postos à mesa e pesar com balança de precisão, exatamente para não cometer equívoco, inclusive porque o adversário é forte e tem boa receptividade no Baixo São Francisco, em razão de certa unanimidade nos assentamentos.

Rogério, inclusive, não está para brincadeira, virá na primeira semana de outubro a Sergipe e vai passar 15 dias circulando por todo Estado, conversando e tentando consolidar a sua candidatura. Já tem montada toda estrutura de marketing e temas para expor como programa de Governo, o que é um avanço. Mesmo assim, um deputado estadual, que se prepara para tentar a Câmara Federal, diz que se o indicado for Mitidieri, ele ganhará no sertão por pequena margem de votos, que não será superada nas demais regiões.

Entretanto, integrante da base aliada admite que Kaká Andrade, também do bloco, que deixou Canindé do São Francisco logo após perder as eleições a prefeito em 2020, deu uma esvaziada no eleitorado que apoiaria o indicado do Governo à sucessão. Toda essa análise precisa de avaliação e reflexão, para que nesse trabalho intenso para ampliar um projeto político avançado para o Estado, seja desviado e termine se ‘perdendo na volta’ (plagiando a José Américo de Almeida). Nas demais regiões, entretanto, incluindo a grande Aracaju, o candidato da base aliada tende a ganhar com margem de votos que pode ou não dar segundo turno.

Eliane vai a Natal

A vice-governadora Eliane Aquino (PT) representa o governador Belivaldo Chagas (PSD) em encontro em Natal (RS), para Assembleia Ordinária do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável do Nordeste.

*** Houve o lançamento do Programa Nordeste Acolhe.

Encontro com Lula

Eliane Aquino chegou a Natal na terça-feira à noite e diz que “teve ainda a felicidade de participar de uma das agendas do ex-presidente Lula., que está visitando alguns estados do Nordeste.

*** – Ouvi-lo sempre renovará minhas esperanças de que o Brasil superará esse momento tão difícil de sua história, disse.

Sobre o vice

Até o momento se fala pouco sobre o vice das prováveis chapas que vão disputar o Governo. É que a escolha depende das negociações para indicação do titular.

*** O nome do vice, de importância no processo, é indicado para acomodações das discordâncias de quem deseja disputar o Governo e não é escolhido.

*** Muitas das vezes os vices são postos para evitar transtornos internos e fortalecer a composição.

Janier à vice

Um dos nomes que aparece com provável vice é a deputada estadual Janier Mota (PL), que não fala em reeleição e já silencia sobre candidatura a deputada federal.

*** Ela é um nome que circula bem entre lideranças da base aliada e é citado como provável indicação à vice, mesmo que não seja por acomodação.

*** Outros nomes estariam à disposição para ser o vice e vai depender também de um consenso da base.

Sobre o sistema

O deputado estadual Zezinho Guimarães (PL) está trabalhando sua candidatura à Câmara Federal e acredita que a coligação vai voltar: “se isso não acontecer acaba os partidos menores”.

*** Sobre o atual presidente do TSE, Luís Roberto Barroso, que defende a atual legislação, o deputado diz que ministro não deve dar opinião porque não disputa mandato: “ele é nomeado”.

Veste a carapuça

Sobre as postagens ásperas no Twitter, na terça-feira, o senador Alessandro Vieira (Cidadania) explicou: “Rogério [Carvalho] veste a carapuça se quiser”.

*** E manteve: “o fato é que Aras foi reconduzido com os votos de Bolsonaro, do PT e do Centrão”.

*** E conclui: “Não agredi ninguém, só relatei um fato político importante.”

Decisões mais adiante

Sobre a decisão de disputar o Governo ou tentar uma terceira via a presidente da República, Alessandro demonstrou que não houve definição.

*** – Não teve nenhuma alteração no cenário político, as decisões serão tomadas mais adiante.

Podemos repudia

O Podemos repudia a manobra na legislação eleitoral na Câmara, a toque de caixa, para aprovar um dispositivo que iguala juízes, magistrados e policiais à fichas-sujas.

*** – Alterar o Código Eleitoral, estabelecendo quarentena de 5 anos, é tentativa clara de atingir Sergio Moro, cuja candidatura não passa, por enquanto, de um desejo de partidos políticos, como o Podemos, diz em nota o partido.

Tom de pré-campanha

Está certa a chegada de Rogério Carvalho (PT), na sexta-feira (03/09) e fará visitas a vários municípios do interior para manter contatos com lideranças políticas.

*** Rogério, entretanto, a partir dos primeiros dias de novembro, já vai atuar como se estivesse em pré-campanha, com projeto de marketing elaborado por sua equipe, que já reside em Aracaju.

*** Vai colocar em suas andadas o tom de pré-campanha, inclusive tratando sobre projeto de Governo.

Francisquinho em conversas

O ex-prefeito de Itabaiana, Valmir de Francisquinho (PL) disse ontem que estava conversando muito com o senador Rogério Carvalho (PT).

*** Entretanto, perguntado se havia chance de integrar a base de Governo, Valmir respondeu que “tudo é possível”.

*** Francisquinho tem conversado também com Ulices Andrade e teria ouvido dele que ainda pode ser candidato a governador.

Observando pesquisas

O prefeito Edvaldo Nogueira (PDT) está observando pesquisas e pensa em disputar o Governo no caso de ser o escolhido pela base aliada. Já avisou que se não for o indicado também não rompe.

*** Entretanto, avisa que qualquer base para ficar unida e forte tem que eleger um governador competente.

*** Como prefeito, Edvaldo tem agendado as quintas e sextas feiras para inauguração de obras.

Lorota Banco

Para o senador Rogério Carvalho (PT), o Roberto Pereira, que depôs na CPI, é “laranja de Tolentino”, amigo de Ricardo Barros e dono do FIB Bank (em tradução livre: Lorota Banco).

*** – O objetivo do banqueiro era para facilitar e executar o balcão de negócios instalado no Ministério da Saúde, disse.

PSB vai com PT

O PSB Nacional dá prioridade absoluta à eleição de deputado federal. Valadares Filho vai para a disputa e já está em contatos com lideranças do Estado.

*** Está decidido que o PSB fará composição com o PT na maioria dos Estados, inclusive em Sergipe.

Um bom bate papo

Blog Olho na Mira – Papa tem razão. Brasil tá fudido com esses hipócritas que usam o cristianismo para faturar politicamente.

De Maria – Não há país sem natureza preservada. Não há chuva, não há água, não há gado, não há plantação. Não há vida!

O Antagonista – Ministro minimiza crise hídrica, diz que a economia brasileira está “bombando” e critica a “narrativa de que o governo não está fazendo nada”.

Rodrigo Maia – Ministro chega de conversa fiada. Vamos cortar despesas. Você não tem coragem de enfrentar o tema.

Poder360 – Em carta escrita na cadeia, o ex-deputado Roberto Jefferson compara Judiciário a “forças satanistas”.

O Antagonista – Deputado federal Kataguiri, sobre Código Eleitoral: “É a reforma do escárnio, perderam a vergonha na cara”.

Noar Shuster – Parece que as anulações envolvendo casos da Lava Jato tiveram o efeito também de produzir amnésia em muita gente.

Fábio – Proposta de reforma ao Código Eleitoral que impede candidatura de magistrados e membros do MP foi apresentada por uma deputada do PP do Piauí. Ciro Nogueira nem disfarça.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Vitória das Mulheres! Linda Brasil aprova seu primeiro PL e machismo será discutido nas escolas
CONIVALES celebra quatro anos de fundação levando serviços de saúde a 43 municípios sergipanos
Adepol emite nota após tentativa de homicídio contra delegado
Polícia Civil divulga imagens de suspeito de feminicídio em Maruim