Aracaju, 17 de setembro de 2021

Meio bilhão de reais não é troco de pão, alguém vai pagar esse empréstimo, diz Ricardo

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Meio bilhão de reais não é troco de pão, alguém vai pagar esse empréstimo, diz Ricardo

O vereador Ricardo Marques (Cidadania) participou do Jornal da Xodó nesta sexta-feira (27) e reforçou mais uma vez que votou contrário ao PL número 216/2021, enviado pela Prefeitura de Aracaju, solicitando um empréstimo de 84 milhões de dólares (quase R$ 500 milhões de reais). O programa ‘Cidade do futuro’ foi aprovado mas sem transparência do destino da verba.

“O empréstimo foi aprovado na semana passada, pela maioria dos vereadores, com uma emenda de autoria da vereadora Emília Corrêa que protegia os recursos da Saúde, Educação e Assistência Social.

Uma semana depois a prefeitura envia novamente o projeto retirando a emenda. Eu tinha votado a favor no primeiro projeto com a emenda, mas desta vez foi inviável, sem condições”, explica o vereador.

Os vereadores da base do governo municipal disseram que a emenda poderia prejudicar a negociação e que o banco poderia vetar o empréstimo. Mas como prejudicar, pois a emenda só protegia recursos específicos.

“Não tem condições. O projeto foi aprovado pelos vereadores e pelas comissões com esta emenda e eu fiquei feliz em votar a favor. Sou a favor da realização de obras, mas com responsabilidade e zelo  com o dinheiro público”, falou Ricardo ao Jornal da Xodó.

Ricardo ainda questionou como o empréstimo será pago e como será investido. “Não está claro no projeto o destino dos recursos, diz apenas que serão destinados para realização de obras em alguns pontos de Aracaju, mais como? De que forma? E os prazos? E outra coisa: como o empréstimo será pago? Em quanto tempo? Levando em consideração que tudo será a longo prazo, quem vai pagar essa conta? Nada disso está claro no projeto que foi aprovado. Infelizmente a prefeitura não se preocupa com esses detalhes porque tem maioria na Câmara”.

Só nesta gestão do prefeito, de 2017 para cá, a Prefeitura de Aracaju ja fez 10 empréstimos que somam cerca de R$ 1 bilhão. E antes outros empréstimos já tinham sido feitos, como o de R$ 140 milhões de reais para mobilidade urbana. “São obras que chegaram com a promessa de mudar a capital, como a reforma da Avenida Hermes Fontes e a implantação dos semáforos inteligentes, mas quem acompanha de perto sabe que o resultado não é como foi divulgado. Os semáforos inteligentes nem funcionam”, reforça o parlamentar.

Foto assessoria

Por Fredson Navarro

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Hospital Cirurgia realiza ação para comemorar Dia Mundial da Segurança do Paciente
Preço médio do óleo diesel segue em alta no início do mês de setembro e litro se aproxima de R$ 5,00, aponta Ticket Log
Sergipe mantém vacinação dos adolescentes de 12 a 17 anos, priorizando portadores comorbidades
Município e Estado se reúnem para definir regras de retomada de público nos estádios