Aracaju, 22 de setembro de 2021

Saese realiza 2ª Edição do Curso de Controle Básico da Via Aérea

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

A Sociedade de Anestesiologia do Estado de Sergipe (Saese) realizou a 2ª edição do Curso de Controle Básico da Via Aérea, no Vidam Hotel, em Aracaju. O evento contou com aula teórica online, na quarta-feira, 25, e com a aula prática na manhã de quinta-feira (26). O objetivo foi atualizar os associados, médicos e estudantes de Medicina.

Segundo o presidente da Saese, Dr. Áley Newton, o curso foi um pré-congresso, antecipando a Jornada de Anestesiologia de Alagoas e Sergipe (Jalagipe) 2021, que iniciou oficialmente nesta sexta-feira (27). “É um curso que tem tudo a ver com o momento, com o verdadeiro sentido de uma sociedade de anestesia, que é treinar os médicos e os futuros médicos no controle da via aérea. Hoje, entendemos que essa é uma habilidade básica que o médico tem que ter e a Covid-19 nos mostrou isso, inclusive, a doença e a pandemia continuam”, destacou o presidente, enfatizando que o curso superou as expectativas de inscritos. “Eram apenas 20 inscrições e temos lista de espera, com certeza vamos realizar outros cursos depois deste congresso”, acrescentou.

“Com o advento de novas síndromes e doenças respiratórias, o controle adequado da via aérea tem sido primordial para cuidar e salvar as vidas dos pacientes”, reforça o estudante Victor Maia, aluno de Medicina do 12º período da Universidade Federal de Sergipe (UFS). Para ele, participar de cursos como o de Controle da Via Aérea é muito importante. “Quando a gente se forma, muitas vezes, acabamos trabalhando em urgência e emergência e esse tipo de curso ajuda bastante no manejo de via aérea do paciente, a tomar a melhor decisão e a ter um embasamento científico”

Davi Viana, estudante de medicina da Universidade Tiradentes (Unit), reforçou que o curso deixa o profissional apto e pronto para salvar mais vidas. “Algumas situações, como a perda da consciência ou o paciente parar de respirar, sempre exigem do profissional médico um preparo maior para garantir a respiração e a via aérea de um paciente. Todas as práticas nesse curso são voltadas para isso. E também outras atualizações como ultrassons, que nos permite ter mais segurança em nossas intervenções”, explicou.

O anestesiologista Raimundo Saturnino participou do curso e reforçou a importância de atualizações constantes. “É sempre bom rever conhecimento, pois sempre surgem novas técnicas, novos dispositivos. É importante investir em habilidades que podem auxiliar em situações difíceis. E na anestesiologia a atualização constante é necessária, como fazer cursos como esse, ofertados pela Saese”.

Parceria Coopanest-SE

A Cooperativa dos Anestesiologistas de Sergipe (Coopanest-SE) é parceira na realização do Curso de Via Aérea, assim como na Jornada de Anestesiologia de Alagoas e Sergipe (Jalagipe). Para o presidente da Cooperativa, Roberto Menezes, esse evento no pós-pandemia é muito importante. “Houve um esforço muito grande por parte da Saese para que realizássemos esse evento presencialmente, seguindo todas as recomendações sanitárias. E a Coopanest, sempre parceira, nos apoiou com o objetivo de melhorar o nível de atendimento dos anestesistas de Sergipe. Essa capacitação fortalece cada vez mais o atendimento à população, com segurança e eficácia, através de profissionais qualificados”, informou.

Ascom/Saese

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Mimi do Acordeon e Douglas Gavião no primeiro Forró no Parque
Após 11 dias de greve, Maruim continua sem prazo de pagamento
Cassação assusta o governo
Doação: Unit recebe 500 vade-mécuns entregues pelo senador Alessandro Vieira