Aracaju, 25 de setembro de 2021

Dia da(o) profissional da Psicologia é marcado por live no CRP19

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Com o tema ‘A Psicologia que temos e a Psicologia que queremos’, o Conselho Regional de Psicologia de Sergipe, realizou live na sexta-feira, 27 de agosto, Dia da(o) Psicóloga, com transmissão via Instagram da autarquia. O debate teve como convidado o Presidente do Sindicato das(os) Psicólogas(os), Edmundo Freire (CRP 19/000531).

“O objetivo é falar sobre a nossa vivência – a psicologia que temos – construída nesses quase 60 anos de criação, e o que a gente espera da Psicologia e das profissionais que fazem a profissão não somente em Sergipe, mas em todo Brasil”, pontuou o Conselheiro Presidente Naldson Melo Santos CRP19/1210, na abertura da transmissão.

Entre as abordagens, Naldson pontuou sobre as conquistas, nos últimos de 20 anos, em uma referência a inserção de profissionais da Psicologia nos grupos interdisciplinares, a exemplo da saúde mental, CRAS, CREAS, CAPS, SUAS.

“Essa inserção é importantíssima e agora assistimos, infelizmente, um desmonte, depois de criar tantas ferramentas  através do CREPOP, dentro do Sistema Conselhos, e que tem fornecido referências para as profissionais, que em geral, saem das instituições de ensino superior sem esse conhecimento. Temos uma psicologia que ganhou corpo, ganhou força. Essa psicologia que está presente, e o que a gente quer é melhorar e buscar mais conhecimento para aplicabilidade no dia a dia do trabalho”.

Sobre a “Psicologia que queremos”, o Conselheiro Presidente e Presidente do SinPsi concordaram, entre vários pontos, sobre a falta de engajamento da categoria dentro do Sistema Conselhos como também no movimento  sindical.

“São espaços que estão abertos, mas apesar dessa condição, estão esvaziados porque as profissionais não se aproximam. Exemplo disso são os grupos de trabalho ativos, alguns com mais profissionais participando, outros pouco menos, mas no geral, há a falta de interesse. Esse engajamento é importante não só em termos de conhecimento que os GT´s e Comissões podem proporcionar, de ideias,  de experiências práticas e teóricas, como também a conquista de outros espaços para inserção da psicologia”, observou Naldson citando o movimento para inserção de psicólogos e assistente sociais nas escolas da educação básica, como uma construção conjunta.

“O SinPsi está engajado nessa luta de inserção de profissionais da Psicologia e do Serviço Social nas escolas públicas. São profissionais importantes no âmbito escolar.   Tínhamos espaços ocupados nos Conselhos na área de controle social, mas agora não mais, porque nos faltam pernas. Estamos priorizando, principalmente quando se trata de lutas. Temos mesas de negociação em diversos municípios e, também, no âmbito estadual. Historicamente, o psicólogo vem de um ambiente mais particular, mas a realidade agora é outra com o trabalho interdisciplinar. Há a necessidade e preocupação com a coletividade. Os colegas precisam se apropriar desses espaços”, disse Edmundo numa referência ao Conselho e Sindicato.

Os representantes pontuaram que o 27 de agosto é um dia para comemorar, mas também lembrar das lutas que precisam ser feitas, diariamente, de maneira ética e técnica.

“Sempre visualizando e visando o bem-estar social, para que possamos evitar ao máximo, os desmontes que estão acontecendo, principalmente nos últimos três anos, e que consigamos reestruturar tudo que foi conquistado nas áreas de controle social. Vamos continuar atentos, e cada vez mais unidos, para ganharmos corpo e termos uma representatividade mais atuante”, disse o Conselheiro.

“Essa questão da união, enquanto entidades, era algo que almejávamos. Com essa vinculação estamos ganhando força política, hoje em dia essencial para encamparmos lutas por melhores condições de trabalho e de salário que está defasado. Muitas vezes a gestão tem condições de contemplar, sem onerar, mas por uma questão política a gente não consegue decisão favorável para uma luta que é legítima. Precisamos reforçar essa parceria enquanto instituições. E desde já fica nosso convite aos profissionais para que cheguem junto ao SinPsi e ao CRP, ocupem esses espaços. Vamos direcionar nossa energia para o coletivo”, finalizou Edmundo.

Assessoria de Comunicação | CRP19

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Polícia prende mulher que praticou roubo de motocicleta no Bugio
Enock Ribeiro, secretário Socorro, recebe Título de Cidadão Sergipano
Eliane participa reunião com articuladores do Selo UNICEF
Fábio Reis assina ordem de serviço para pavimentar povoado