Aracaju, 17 de setembro de 2021

Hospital de Urgências registra 42 vítimas de queda durante final de semana

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

O Hospital de Urgências de Sergipe Governador João Alves Filho (Huse), atendeu 394 pessoas durante o final de semana. Desse total, 70 usuários precisaram continuar em observação para novos exames, reavaliação médica ou internamento. A estatística tem como base as entradas registradas de 27 a 29 de agosto. Os casos envolvendo vítimas por queda totalizaram 42 atendimentos.

De acordo com a estatística do Huse, além das vítimas por queda foram contabilizados também 19 vítimas por acidente motociclístico, 4 por atropelamento, uma vítima por acidente automobilístico, 24 pessoas com dor abdominal, além de 3 vítimas por arma branca e 3 vítimas por arma de fogo. De acordo com a coordenadora do Pronto Socorro do Huse, Débora Feitosa, todo cuidado e atenção deve ser levado em consideração para evitar que essas vítimas precisem chegar até um atendimento no Pronto Socorro.

“Estamos preparados para qualquer urgência que chegar no Huse, mas, se as pessoas puderem evitar certas situações que causem risco a saúde é melhor. Muita imprudência continua causando acidentes no trânsito e fazendo vítimas que acabam sendo assistidas pelo nosso setor de trauma que continua com registro considerado nas estatísticas, a mesma coisa são idosos que se envolvem com acidentes em casa e são vítimas de queda”, explicou.

Foram registrados nesse período 152 atendimentos na ortopedia e sutura, 123 na Área Azul, 43 na Pediatria, 51 nos consultórios do Otorrino e Oftalmo, além de 11 no Ambulatório de Retorno.

Fonte e foto assessoria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Ribeirópolis alcança marca histórica de 300 dias sem registro de homicídios
“Orientação e perfil são garantias de sucesso no mercado”, diz consultor
Socorro realizará drive-thru da Semana Nacional de Trânsito
Estado de Sergipe registra crescimento de 17,6% no setor de serviços