Aracaju, 23 de setembro de 2021

Jornada Anestesiologia de Alagoas e Sergipe realizada em Aracaju

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Teve início na sexta-feira (27) o primeiro dia da 18ª Jornada de Anestesiologia de Alagoas e Sergipe (Jalagipe) 2021. Com o tema “Enfrentando Desafios nos Reinventamos”, o evento promovido pela Sociedade de Anestesiologia do Estado de Sergipe (Saese) e a Sociedade de Anestesiologia do Estado de Alagoas (Saeal), aconteceu até este sábado (28), no Vidam Hotel, em Aracaju.

A Jalagipe 2021 contou com uma vasta programação. Foram três simpósios, nove conferências e uma miniconferência, além de palestras com temas sobre atuação da anestesiologia em diversas áreas, ministradas por profissionais de Sergipe, Alagoas, São Paulo, Bahia, Maranhão e do Distrito Federal.

De acordo com o presidente da Saese, Dr. Aley Newton, essa edição da Jalagipe foi a realização de um sonho pelo reencontro presencial dos profissionais devido a pandemia da covid-19. “Depois de tanto tempo afastados das atividades, a gente trabalhando em situações nunca desejadas e nunca esperadas, conseguimos realizar esse evento presencial. Esse é um reencontro com a ciência, com as aulas, com os amigos de profissão e tem um significado muito grande para nós. Na medida que o decreto governamental liberou os eventos presenciais, mesmo estando muito em cima do evento, a diretoria não desistiu de fazer. São praticamente dois, três meses que a gente trabalha em cima disso”, afirmou o presidente, acrescentando que estão sendo respeitados os decretos, protocolos sanitários e o distanciamento social.

A valorização do ser humano também esteve presente na jornada, cuja primeira conferência foi “O Poder da Gratidão”, coordenada pelo anestesiologista Dr. Marcos Alburquerque e que teve como palestrante o anestesiologista Dr. Raimundo Saturnino.

A Jalagipe contou com o apoio da Cooperativa de Anestesiologistas de Sergipe (Coopanest-SE) e da Sociedade Brasileira de Anestesiologia (SBA). Durante o primeiro dia, o presidente da SBA, Augusto Takashima, participou da Jalagipe e enfatizou que essa é a primeira jornada presencial que acontece no Nordeste desde o início da pandemia. “Nós estamos num período de quase dois anos sem atividades presenciais, sem jornadas científicas da SBA. Para a SBA é extremamente significativo que esse evento aconteça pela união de duas regionais. Essa troca de conhecimento que se dá na forma presencial é essencial para que o anestesista se mantenha atualizado. A anestesia é uma especialidade muito dinâmica e o profissional precisa participar de um momento como esse para se manter atualizado”, disse o presidente da SBA.

O vice-presidente da Saese, Fabricio Antunes, foi um dos palestrantes no primeiro dia e abordou sobre o Uso da Ocitocina em Cesariana. “As palestras estão sendo maravilhosas. Estamos tendo a oportunidade de rever amigos, atualizar sobre diversos temas e seguindo todas as políticas de segurança. Com relação a minha primeira palestra, me ajudou bastante a pesquisar sobre o assunto e mostrar que podemos atenuar os efeitos colaterais e melhorar a qualidade da anestesia”, disse.

O anestesiologista de São Paulo, Luiz Falcão, reforçou a importância da Jalagipe no ponto de vista científico e também como um marco do retorno das jornadas presenciais. “São diversas palestras e temas atuais. Fui convidado para falar sobre o ERAS, a otimização pré-operatória e desfecho, que é um tema de extrema importância na retomada das cirurgias pós-pandemia”, afirmou um dos palestrantes.

Abertura

Participaram da solenidade de abertura do evento, na noite desta sexta-feira (27), o presidente da Saese, Aléy Marinho; o presidente da SBA, Augusto Takashima; o vice-presidente da SBA e diretor científico da Saese, Marcos Albuquerque; a presidente da Saeal, Humberli Gomes Carvalho; o presidente da Coopanest-SE, Roberto Menezes; e o vice-presidente da Saese, Fabricio Antunes.

Em um momento de emoção durante a solenidade, foram feitas homenagens a dois médicos que faleceram recentemente membros da Saese, Dr. José Roquennedy e Dr. Breno de Alcântara. Suas esposas receberam uma placa e buquê de flores durante a homenagem.

Âncora Adm Comunicação

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Seduc finaliza mais um ciclo formativo para professores do Programa Alfabetizar pra Valer
Em ação do TCE/SE, corregedorias de dez tribunais de contas debatem inovações tecnológicas
Jornada Full Stack começa dia 27 e segue até dia 29 deste mês
Valdevan destina recursos para aquisição cestas em Itabaianinha