Aracaju, 26 de setembro de 2021

CBM: Vereador pede convocação de aprovados em concurso

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

O vereador de Aracaju, Sargento Byron (Republicanos), usou o grande expediente da Sessão Ordinária da Câmara de Aracaju desta terça-feira, 31, para cobrar do Governo de Sergipe a convocação dos aprovados no Concurso Público para o Corpo de Bombeiros, que foi realizado em 2018. Byron dialogou com uma parcela dos aprovados durante manifestação realizada na inauguração do CER IV, na última sexta-feira, 27, e levou a demanda para discussão no Plenário.

Segundo o que foi apresentado ao vereador, durante diálogo no ato em defesa da convocação,  o déficit de profissionais no Corpo de Bombeiros de Sergipe era, à época do concurso, de cerca de 500 profissionais, e o Governo abriu seleção para 200. Dos aprovados, segundo a organização da manifestação, apenas dois terços foram convocados até agora.  “No ato, fiz questão de conversar com esses jovens. Eles mostraram, através de dados reais, a necessidade da convocação de mais profissionais. Só para vocês terem uma ideia: de três ocorrências registradas, duas não são atendidas devido à falta de suporte. Um dado muito triste”, explicou.

Na oportunidade, Byron ainda lembrou de um incêndio de grandes proporções ocorrido em outra cidade sergipana, onde os profissionais só chegaram uma hora após o ocorrido devido porque estava atendendo outra ocorrência em outro município.

“Um outro exemplo foi um  incêndio em Itabaiana. O Corpo de Bombeiros levou mais de uma hora para chegar ao local porque estava atendendo a uma ocorrência em Canindé do São Francisco. Por aí a gente consegue mensurar o quanto é urgente essa convocação. Essas pessoas não pedem apenas a sua vaga de trabalho não. É também a realização de um sonho daqueles que passam anos e anos estudando para chegar a tão esperada vaga, além da proteção das vidas de sergipanos e sergipanas. Esse é um problema que afeta todo o estado, principalmente Aracaju, que é a maior cidade e, consequentemente, onde se concentra o maior número de casos”, reforçou.

Adicional de Periculosidade

Ainda, em sua fala na Sessão, o vereador registrou a manifestação do Movimento Polícia Unida, que também marcou presença na inauguração do CER IV com o objetivo de cobrar a regulamentação do adicional de periculosidade. A manifestação durante a solenidade enfatizou a necessidade das negociações entre os policiais civis, militares e bombeiros e o Governo de Sergipe. “As categorias não receberam nenhum retorno da administração pública desde a reunião com o secretário de Administração, George Trindade. Apesar do Governo divulgar que a negociação está aberta, não houve o acatamento da proposta do movimento, nem uma contraproposta governamental ou agendamento de uma nova reunião. Mais uma vez, venho pedir ao Governo do Estado que garanta esse direito constitucional a esses homens e mulheres que, diariamente, dedicam as suas vidas para garantir a segurança e prevenir situações de violações de direitos e criminalidade no nosso estado”, cobrou.

Por Pábulo Henrique

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Sergipe recebeu neste sábado 10.250 doses de vacina contra covid-19, da AstraZeneca
Polícia prende mulher que praticou roubo de motocicleta no Bugio
Enock Ribeiro, secretário Socorro, recebe Título de Cidadão Sergipano
Eliane participa reunião com articuladores do Selo UNICEF