Aracaju, 17 de setembro de 2021

Deputado sergipano denuncia violação aos direitos humanos na prisão de Roberto Jefferson

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Nesta terça-feira, 31, o presidente do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) em Sergipe e deputado estadual, Rodrigo Valadares, usou as suas redes sociais para denunciar a violação dos direitos humanos na prisão de Roberto Jefferson, presidente nacional do partido, após o levarem de volta ao presídio depois de um agravamento em seu estado de saúde.

Roberto Jefferson já é idoso e está preso desde o dia 13 de agosto. Chegou a passar mal no início da noite da última segunda-feira (30), foi levado ao UPA do Complexo de Bangu, no Rio de Janeiro, onde já foi afirmado que não existem condições de executarem um tratamento adequado, correndo risco de morte, como alega a defesa. Apesar disso, o ministro Alexandre de Moraes decidiu manter a prisão preventiva do político, que já foi encaminhado de volta à unidade policial.

Para Rodrigo Valadares, a ação fere os direitos humanos e necessita ser revista. “Venho denunciar a grave violação aos direitos humanos que está acontecendo hoje no Brasil. Roberto Jefferson é um senhor de 68 anos, com diversas comorbidades. Já teve câncer, tem um intestino bastante reduzido devido a operações, tem cirúrgias marcadas, enfim, é um senhor que necessita de cuidados médicos constantes. E nesse momento, além de não estar sendo oferecido esses cuidados, não estão dando informações sobre o seu estado de saúde à executiva do partido e à sua família”, desabafou.

O parlamentar contou ainda que o jurídico do PTB já está tomando as medidas cabíveis dentro e fora do Brasil, para que resolva a situação do presidente do partido o quanto antes. Além disso, aproveitou para fazer um apelo à população que se junte a eles nessa corrente e ajude a denunciar tais violações.

“Nós precisamos que a população nos ajude a denunciar essa ilegalidade que acontece, uma grave violação aos direitos humanos. É grave violação ao direito de expressão, às liberdade individuais e agora à garantia de uma prisão que ofereça condições de saúde a esse preso político. Não podemos nos curvar a isso”, destacou.

Por Luísa Passos

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Hospital Cirurgia realiza ação para comemorar Dia Mundial da Segurança do Paciente
Preço médio do óleo diesel segue em alta no início do mês de setembro e litro se aproxima de R$ 5,00, aponta Ticket Log
Sergipe mantém vacinação dos adolescentes de 12 a 17 anos, priorizando portadores comorbidades
Município e Estado se reúnem para definir regras de retomada de público nos estádios