Aracaju, 28 de setembro de 2021

Evento nacional discute a gestão das “cidades inteligentes”

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Nesta semana, mais de 200 palestrantes discutirão soluções e iniciativas para a implementação da tecnologia nos serviços públicos e infraestruturas das cidades

A construção de sistemas tecnológicos e estruturais que auxiliem o cidadão e ajudem na resolução de problemas da cidade é um dos principais assuntos a serem discutidos no Connected Smart Cities & Mobility 2021 (CSCM 21), que acontece em formato híbrido entre quarta-feira, 1º, e sexta-feira, 3. O evento nacional, apoiado pelo Grupo Tiradentes, através do Tiradentes Institute, reunirá mais de 200 palestrantes em oito palcos simultâneos. Todo o evento será transmitido virtualmente, em uma plataforma digital exclusiva, mas parte das das palestras acontecerá no Centro de Convenções Frei Caneca, em São Paulo (SP)

Os palestrantes convidados são prefeitos, secretários, especialistas, consultores, gestores e representantes de instituições públicas e privadas do setor. Destaca-se entre eles a britânica Cindy Parker, diretora regional para a América Latina do UK Science and Innovation Network, órgão ligado ao governo do Reino Unido e voltado ao desenvolvimento da ciência, tecnologia e inovação. Também estão programadas as participações do governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, e do superintendente da Sudene (Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste), Evaldo Cruz Neto.

O evento busca discutir a implementação e a administração das chamadas “Cidades Inteligentes”, um conceito que envolve a otimização de recursos estruturais e tecnológicos para auxiliar e atender às demandas do cidadão de cada cidade. Segundo a coordenadora de Relações Internacionais do Centro Universitário Tiradentes (Unit Pernambuco), Renata Mindello Costa, o CSCM 21 reúne especialistas, entidades, empresas e governos com as melhores práticas para o desenvolvimento das cidades e da mobilidade urbana.

“Os alunos terão a oportunidade de ouvir e aprender sobre as melhores e maiores iniciativas que estão sendo desenvolvidas e implementadas no Brasil dentro da temática das Cidades Inteligentes”, disse ela, acrescentando que os participantes poderão assim enriquecer a visão sobre o assunto. No âmbito acadêmico, o evento é voltado principalmente a alunos dos cursos de Arquitetura e Urbanismo.

Além dos fóruns, o evento terá rodadas de negócios e exposições de empresas voltadas ao desenvolvimento de soluções para as cidades. “Apesar de ser um conceito relativamente recente, o conceito de Smart City já se consolidou como assunto fundamental na discussão global sobre  o desenvolvimento sustentável e movimenta um mercado global de soluções tecnológicas”, explica Renata. Ela pontua que as cidades de vários países, tanto emergentes quanto desenvolvidos, estão implementando ou já utilizam soluções e iniciativas tecnológicas integradas aos serviços públicos e à infraestrutura urbana. Estima-se que os investimentos mundiais no ramo passam dos US$ 400 bilhões.

As palestras presenciais acontecem na quarta e na quinta-feira, e também serão transmitidas virtualmente. Já as conferências on-line vão até sexta-feira. As inscrições podem ser feitas através do site oficial, onde também está disponível a programação completa.

Assessoria de Imprensa

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Polícia já tem suspeito do roubo das joias de Ana Alves, que inclui anel do seu pai, e já vai ouví-lo
Seduc convoca 57 educadores profissionais aprovados em seleção para cursos técnicos
Sergipe recebe mais de 67 mil vacinas para aplicação em primeira e segunda doses
Luciano Bispo diz que PDES revela potencialidades para investimentos