Aracaju, 27 de setembro de 2021

Energisa alerta sobre construção irregular próximo à rede elétrica

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

A construção irregular de imóveis próximo ou embaixo da rede pode trazer sérios riscos. O popular puxadinho na laje se torna ainda mais perigoso quando não há uma distância segura da rede elétrica. A Energisa Sergipe orienta sobre os principais cuidados para evitar acidentes.

Antes de realizar qualquer construção é preciso conhecer e seguir o que diz a legislação sobre os limites de distanciamento da rede elétrica. O coordenador de segurança da Energisa Sergipe, Robson Jezler, explica que a construção de mais um pavimento deve ser planejada para evitar acidentes elétricos.

“Para qualquer tipo de obra, estando ela finalizada ou não, deve ter no mínimo três metros de distância em relação à rede elétrica. Para que o serviço seja realizado com segurança é importante observar onde se encontra a rede elétrica para evitar acidentes”, afirma Robson.

Ainda segundo Robson, qualquer descuido pode ocasionar uma descarga elétrica e até fatalidades podem acontecer. Por isso, a Energisa preparou algumas orientações simples, mas que podem evitar acidentes graves. Confira abaixo:

-Em construções ou reformas, mantenha uma distância mínima de até três metros da rede elétrica, principalmente ao movimentar materiais metálicos, como barras de ferro, andaimes, vergalhões, escadas e arames;

-Atenção também com a distância da rede elétrica em construções e manutenções de telhados;

-Na instalação ou conserto de antenas, cuidado com a rede elétrica. Escolha um lugar afastado dos fios, observando quando o tempo estiver bom, sem chuva;

-Use sempre produtos certificados pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), pois isso garante uma maior qualidade dos componentes (fiação, disjuntores, tomadas etc.) contra riscos de choques e curtos-circuitos;

-Nunca tente retirar nenhum material que tenha caído sobre ou esteja em contato com a rede elétrica, pois o objeto pode conduzir eletricidade provocando acidentes;

-Nunca deixe a fiação ao alcance de crianças.

A Energisa orienta ainda que se alguém for vítima de choque elétrico dentro da residência, não se deve tentar tocar na pessoa que está recebendo a descarga. A melhor forma de ajudar é desligar o disjuntor ou a chave geral e ligar para emergência 192. Se o acidente for em via pública, além das orientações já mencionadas, é preciso acionar a distribuidora pelo telefone 0800 079 0196.

Por Adriana Freitas

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Gracinha Garcez é empossada como deputada estadual na Alese nesta segunda
Estado inicia pagamento dos servidores públicos nesta quarta-feira, dia 29
Escolas estaduais intensificam preparação para o Enem 2021
Ato Fora Bolsonaro vai ocupar ruas da Coroa do Meio no sábado