Aracaju, 28 de setembro de 2021

Negacionismo é pecado capital

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Por Adiberto de Souza *

A pandemia escancarou a desigualdade, a estratificação racial, econômica e social. Além da convid-19, o negacionismo e a incompetência do governo Bolsonaro estimularam o retorno do Brasil ao mapa da fome, do desemprego em massa, fizeram aumentar a população de rua, deram a força à cultura de violência contra as mulheres, pessoas negras, indígenas e pessoas LGBTs. Em meio a tanta desgraça, iniciativas da igreja e de entidades de classe estimulam o engajamento de ações concretas, promovem a conversão para a cultura do amor, como forma de superar o ódio, e fortalece a convivência ecumênica. Estes são alguns “remédios” que ajudam a curar as doenças da alma e escancaram que ser negacionista é pecado capital. Deus seja louvado!

Contra o golpe

A Frente Parlamentar Mista da Câmara Federal em Defesa do Caminhoneiro Autônomo e Celetista divulgou uma nota de repúdio aos atos em apoio ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido), marcados para acontecer neste 7 de setembro. Para quem não sabe, o deputado federal bolsonarista Bosco Costa (PL) é integrante dessa Frente que “repudia veementemente qualquer ação ou pretensão declarada que viole as garantias constitucionais do Estado Democrático de Direito e da coexistência de poderes institucionais independentes e harmônicos entre si”. Aff Maria!

Vacina antecipada

O prefeito Edvaldo Nogueira (PDT), comemorou o fato de a esposa e 1ª dama de Aracaju, Danusa Silva, ter recebido a 2ª dose da vacina contra a covid-19: “Ela aproveitou a antecipação e foi logo se vacinar”, afirmou o pedetista. Nogueira aproveitou para aconselhar a quem tem direito à 2ª dose do imunizante para ir aos postos de vacinação o quanto antes. Quem avisa, amigo é!

Candidatura ameaçada

Veja o que publicou no Jornal da Cidade a amiga Thaís Bezerra: “As atenções da presidente estadual do Podemos, delegada Danielle Garcia, estão voltadas para Brasília. É que a Câmara Federal pode sepultar o desejo da policial de disputar as eleições de 2022. Um item do projeto do Código Eleitoral em tramitação do parlamento prevê uma quarentena de cinco anos para militares, policiais, magistrados e membros do Ministério Público que desejarem se candidatar. Para alegria de Danielle, o clima na Câmara é que a quarentena não será aprovada”. Marminino!

Bem na fita

A Universidade Federal de Sergipe foi classificada entre as cinco melhores universidades do Brasil no Times Higher Education World University Rankings 2022, sendo a mais bem ranqueada da região Nordeste. “É um orgulho imenso ter a UFS mais uma vez veiculada como uma das universidades mais importantes do nosso país”, destacou o reitor Valter Santana. No Brasil, 59 instituições foram classificadas no levantamento. A Universidade de São Paulo (USP) e a Universidade de Campinas (Unicamp) ocupam as duas primeiras posições no ranking. Supimpa D+!

100% jacaré!

E o senador Alessandro Vieira (Cidadania) anunciou que após ter tomado a 2ª dose da vacina contra a covid-19 é 100% jacaré. “Minhas orações para os familiares e amigos dos milhares de brasileiros que não tiveram essa chance”, afirmou. Vieira sabe o que está dizendo: em março passado, ele testou positivo para a doença e permaneceu 11 dias internado no hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. Enquanto Alessandro convalescia, o senador Major Olímpio (PSL) morreu de covid-19 no mesmo hospital. Cruz, credo!

Dúvida atroz

Pré-candidato a deputado federal, o presidente do DEM sergipano, José Carlos Machado, chama a atenção para uma disparidade. Segundo ele, “não custa lembrar que no Brasil, quem ganha salário-mínimo paga aluguel, e quem recebe teto constitucional tem auxílio-moradia”. Aqui pra nós, será que se Machadão for eleito para a Câmara Federal e passe a ganhar o teto salarial abrirá mão do auxílio-moraria, hoje tão criticado por ele? Home vôte!

Cidadão japoatãnense

Natural de Pernambuco, mas residindo em Sergipe desde os 18 anos de idade, o deputado federal Laércio Oliveira (PP) tem colecionado títulos de cidadania. O último recebido pelo distinto foi conferido pela Câmara de Vereadores de Japoatã: “É uma mistura de sentimento de alegria e gratidão me tornar um conterrâneo desse povo guerreiro e receptivo”, afirma Laércio, que tem percorrido o estado em pré-campanha para o governo de Sergipe. Então, tá!

Viva a vida

O governador Belivaldo Chagas (PSD) só faltou soltar foguetes para comemorar a passagem de um dia ser mortes por covid-19 em Sergipe. Segundo a Secretaria da Saúde, neste domingo, ninguém morreu no estado vítima do coronavírus. Belivaldo atribui tal fato ao trabalho intenso das equipes da Saúde e ao avanço da vacinação contra a doença. O gestor afirma ser este um motivo para comemoração, “mas não de baixar a guarda nas medidas restritivas”. Certíssimo!

Independência de araque

O Brasil tem algo a comemorar neste 7 de setembro? O senador Rogério Carvalho (PT) está entre os que indagam se somos mesmo independentes? E para justificar sua dúvida, o petista lembra “que moramos num país onde o litro de gasolina passa de R$ 7,00, o quilo da carne moída de segunda custa R$ 43,00 e o gás de cozinha chega a R$ 120,00. Em muitos lugares, brasileiros compram ossos para colocar no feijão. Para quem esse país é governado?”, indaga Rogério. Misericórdia!

Recorte de jornal

 

 

 

Publicado no jornal estanciano A Razão, em 25 de dezembro de 1909.

* É editor do Portal Destaquenotícias

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Polícia já tem suspeito do roubo das joias de Ana Alves, que inclui anel do seu pai, e já vai ouví-lo
Seduc convoca 57 educadores profissionais aprovados em seleção para cursos técnicos
Sergipe recebe mais de 67 mil vacinas para aplicação em primeira e segunda doses
Luciano Bispo diz que PDES revela potencialidades para investimentos