Aracaju, 21 de setembro de 2021

Congresso Sergipano na área de Neurociências é realizado de forma virtual

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

O I Congresso Sergipano de Neurociências (NeuroCongress) teve na sua programação palestras, minicursos e atividades complementares

A área da Neurociência e suas diversas abordagens na pesquisa, diagnóstico e tratamento de distúrbios do Sistema Nervoso têm crescido exponencialmente. O estudo faz com que o profissional entenda melhor o comportamento humano, seja ele por processos cognitivos ou motores, culminando em uma melhor qualidade de vida para o paciente.

A fim de aprofundar esses conhecimentos junto aos pesquisadores da área, foi realizado o I Congresso Sergipano de Neurociências (NeuroCongress). Com minicursos, palestras, apresentações de trabalhos acadêmicos e certificado de 30h para os participantes, o congresso foi gratuito e organizado por estudantes e professores do curso de Medicina da Universidade Tiradentes. Foram mais de 500 inscritos, dentre eles alunos da própria instituição, de outras  instituições e de outros estados

Repleto de informações atualizadas sobre o tema com profissionais qualificados nas suas áreas de pesquisa e atuação, foram três dias de extensa programação e estudo sobre a Neurociência. De acordo com o diretor geral do congresso e estudante de medicina da Unit, Eugênio Fonseca, o NeuroCongress é importante para a população em geral, e especificamente aos profissionais da saúde, o entendimento das práticas e dos estímulos constantes que recebemos do meio externo que auxiliam e alteram, de forma, positiva ou negativa as nossas ações e comportamentos. “Além de que, as neurociências abrangem uma grande área de estudos das doenças e transtornos que acometem uma parcela da população, e as possibilidades terapêuticas para melhoria na qualidade de vida dessa população, com limitações importantes em seu estado de saúde”, explica.

Dentre os temas abordados, destacaram-se  as palestras sobre Aplicação de Ciências Ômicas na Compreensão de Doenças Psiquiátricas com a professora doutora Alessandra Sussulini, Atualizações científicas em Psicofarmacologia com a professora doutora Alessandra Silva Rabelo e os minicursos sobre Meditação, exercício físico e respiração: como essas estratégias alteram a estrutura e função do cérebro e melhoram a regulação emocional com a professora orientadora do Congresso Camila Vorkapic e sobre Mapeamento Cortical em Cirurgia de Tumor Intracraniano com o professor Arthur Maynart.A primeira edição foi realizada de forma 100% virtual, mas esperamos que as próximas edições anuais aconteçam de forma híbrida.

Assessoria de Imprensa

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Dia Estadual de Luta da PCD: Rodrigo Valadares fala sobre conscientização e inclusão social
Janier defende aumento do teto para isenção de impostos em carros PCD
21 de setembro dia do Radialista, comemora o Sterts
Comércio já se prepara para os “empregos temporários” no fim de ano