Aracaju, 23 de setembro de 2021

Estreia sem público

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Por Adiberto de Souza *

Pré-candidato a presidente da República, o senador Alessandro Vieira (Cidadania) pegou carona na manifestação contra Jair Bolsonaro para estrear sua campanha de rua. O “palanque” montado na famosa Avenida Paulista poderia ter sido um sucesso não fosse um pequeno detalhe: faltou o público esperado pelo cidadanista e prometido pelo pelos Movimentos Brasil Livre e Vem Pra Rua. A falta de gente no corpo-a-corpo do senador, contudo, não deve desanimá-lo. Em 2018, tinha bem menos eleitores no primeiro comício feito por ele em Sergipe, e quando as urnas foram abertas Alessandro estava eleito como o mais votado do pleito. Ademais, o fidalgo ainda não bateu o martelo sobre a sua candidatura presidencial. Segundo ele, é possível abrir mão desse projeto em favor de um nome com mais chances de vitória. Então, tá!

Mal na fita

A bancada de Sergipe na Câmara Federal vai muito mal na disputa pelo Prêmio Congresso em Foco. Segundo a 3ª parcial da votação, apenas João Daniel (PT) – na 77ª posição – aparece entre os 100 mais votados. Depois dele e bem distantes, surgem os deputados Fábio Mitidieri (PSD) e Bosco Costa (PL), respectivamente, nas 196ª 282ª colocações. E só! A posição dos senadores de Sergipe é um pouco melhor. Alessandro Vieira (Cidadania) é o 6º mais votado, enquanto o petista Rogério Carvalho está na 9ª posição. A senadora Maria do Carmo Alves (DEM) só teve até agora 218 votos e aparece na 47ª posição. Misericórdia!

O fato da foto

Deu o que falar a foto do governador Belivaldo Chagas (PSD) e dos pré-candidatos ao governo Fábio Mitidieri (PSD) e Ulices Andrade (sem partido). Na fotografia, tirada na fazenda do ex-deputado Luiz Mitidieri (PSD), também aparecem o deputado estadual Jeferson Andrade (PSD), o presidente do PSC, André Moura e seu pai Reinaldo Moura. Dizem as línguas ferinas que o encontro visou costurar um acordo em torno da sucessão estadual, descartando os pré-candidatos Rogério Carvalho (PT), Laércio Oliveira (PP) e Edvaldo Nogueira (PDT). Naturalmente, os participantes da reunião negam tal hipótese. Marminino!

ICMS parcelado

O Conselho Nacional de Política Fazendária autorizou o governo de Sergipe a implementar um programa de parcelamento de débitos fiscais relacionados ao ICMS vencidos até 31 de julho passado. O Confaz também revigorou e prorrogou até 31 de dezembro deste ano dois convênios editados em 2020 que auxiliaram os contribuintes do ICMS no enfrentamento à pandemia de Covid-19. Os convênios prorrogados isentam o ICMS incidente nas prestações de serviço de transporte realizadas no âmbito das medidas de prevenção ao contágio e de enfrentamento à pandemia. Vixe!

Quem não chora não mama

Veja o que publicou no Jornal da Cidade a amiga Thaís Bezerra: “Finalmente, saiu a nomeação de Pedro Ernesto Celestino Pascoal para chefiar a Superintendência do Patrimônio da União em Sergipe. Responsável pela indicação do rapaz, o deputado federal Bosco Costa (PL) chegou a ameaçar romper com o Palácio do Planalto se a nomeação não saísse. Em mensagem enviada à Flávia Arruda, ministra da Secretaria de Governo, Bosco perguntou se deveria continuar esperando a indicação do protegido ou passar a se posicionar na Câmara como oposição. A pressão funcionou”. O nome disso é toma lá, dá cá. Home vôte!

Torrando nos cobres

O grupo espanhol Cobra deve comprar o Polo Carmópolis, em Sergipe. Segundo o site Petróleo Hoje, a proposta do grupo para aquisição do ativo gira em torno de 900 milhões de dólares. O Polo Carmópolis contempla 11 campos de petróleo, o Complexo Operacional de Atalaia, que inclui o Terminal Aquaviário de Aracaju, e o oleoduto de escoamento da produção até o Tecarmo. A partir de agora, Petrobras e Cobra darão início ao processo de negociação direta dos contratos de compra e venda. Pelo visto, a Petrobras quer mesmo ver Sergipe pelas costas. Desconjuro!

Alese expõe plano

A Assembleia Legislativa vai promover o Fórum Itinerante de Apresentação do Plano de Desenvolvimento de Sergipe. Será às 9h desta terça-feira, na Faculdade Ages, em Lagarto. Iniciado em 2019 e concluído este ano, o Plano orienta sobre quais as melhores estratégias para alavancar o desenvolvimento e potencializar a economia do estado, gerando emprego e renda para os sergipanos. Legal!

Barriga cheia

E quem não dispensa uma boquinha nos mercados e feiras livres de Sergipe é o ex-deputado federal André Moura (PSC). Pré-candidato ao Senado, o rapaz aproveita o comes e bebe para botar a conversa em dia com os feirantes e, naturalmente, sentir sua popularidade junto aos eleitores. O último regabofe de André foi na Ceasa de Aracaju, local indicado para quem aprecia um gostoso café nordestino. É bom D+!

Sob nova direção

O Psol aracajuano está sob nova direção. O novo presidente do partido na capital é o advogado Demetrio Varjão, ex-militante do Movimento Não Pago. O distinto prega a unidade da esquerda para enfrentar o bolsonarismo, o fortalecimento da oposição de esquerda na Câmara Municipal junto à Vereadora Linda Brasil, e das lutas anticapitalista, antirracista, antimachista e antiLGBTfóbica. Ah, bom!

Bíblia em Braile

A Igreja Batista Betel de Sergipe entregará à sociedade sergipana, na próxima quinta-feira, a Bíblia em Braile. Os 38 volumes serão entregues à Biblioteca Pública Epiphânio Dória. “Teremos a missão honrosa de salvaguardar o exemplar da Bíblia em Braile, que passará a compor o nosso acervo, garantindo a acessibilidade daqueles que possuem deficiência visual, baixa visão ou cegueira”, afirma a professora Juciene Maria de Jesus, diretora da Biblioteca. Supimpa!

Recorte de jornal

 

 

 

 

 

Publicado no jornal Correio de Aracaju, em 31 de maio de 1916.

* É editor do Portal Destaquenotícias

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Polícia Civil prende quatro feminicidas em menos de 24 horas
Dia do Sorvete é celebrado com ofertas nas lojas físicas e online
Senado sepulta as coligações
Polícia identifica suspeito de alugar carro utilizado em ação que baleou delegado