Aracaju, 17 de setembro de 2021

Projeto oportunizará estágio para jovens de escola em Muribeca

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Alunos do Colégio Estadual Almirante Barroso participarão de programa de estágio

Os alunos do 1º e 2º anos do ensino médio do Colégio Estadual Almirante Barroso, em Muribeca, em breve terão a oportunidade de conseguir o primeiro emprego e entrar no mercado de trabalho. Por meio de uma parceria entre a Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc) e a Prefeitura de Muribeca, os estudantes participarão do Programa Jovem Trabalhador Muribequense, no qual serão selecionados alunos para estagiar em órgãos administrados pelo município.

A solenidade de lançamento do programa aconteceu na tarde de sexta-feira, 10, na sede do Almirante Barroso, e contou com a presença do secretário de Estado da Educação, professor Josué Modesto dos Passos Subrinho. Acompanhado do prefeito de Muribeca, Mário César da Silva Conserva, do diretor da DRE 6, Max Cardoso Silva, e da diretora Iderlânia Costa Souza, o secretário conheceu toda a estrutura da unidade de ensino e pôde verificar as imagens que embelezam o muro da escola, que foi a terceira colocada no concurso Pintando Muros.

Josué Modesto elogiou bastante a recepção que teve na unidade de ensino e destacou a importância do programa de estágio para os jovens estudantes. “O prefeito pode não ter percebido, mas ele está sendo um pioneiro. Nós, na Seduc, estamos construindo alternativas para viabilizar exatamente essa ideia. Estudantes da rede estadual precisam ter oportunidades de estágio, precisam receber bolsas, se inserir em alguma atividade. Queremos que nossas escolas sejam ambientes de aprendizado. Esse é um programa que está de parabéns”, afirmou.

O prefeito Mário Conserva declarou que o Colégio Estadual Almirante Barroso representa o ponto inicial da vida adulta de muitos muribequenses. “Precisamos compreender que a valorização do trabalho pode ser realizada no ambiente escolar. Esses jovens precisam entender que, para ingressar no mercado de trabalho, eles precisam também da interlocução com pessoas, enfrentar desafios e aplicar seus conhecimentos na vida real. Essa é uma oportunidade de os jovens entenderem que eles podem ter uma oportunidade de trabalho com uma remuneração compatível com a sua carga escolar, para que sejam incentivados e estimulados a estudar mais”, disse.

Programa de estágio

De iniciativa da Prefeitura de Muribeca, em parceria com a Seduc, o Programa Jovem Trabalhador Muribequense vai oportunizar aos alunos do 1º e 2º anos do ensino médio do Colégio Estadual Almirante Barroso uma oportunidade de estágio em órgãos da prefeitura. O edital ainda está sendo formulado e será lançado em breve. A seleção contará com provas objetivas, avaliação da média escolar, frequência, entrevista, entre outros critérios. Ainda está para ser definida a quantidade de alunos que serão selecionados, o valor da bolsa, os locais de estágio, entre outras informações que serão publicadas no edital.

No lançamento do programa, alunos e professores falaram o quanto essa iniciativa irá ajudar os jovens em sua vida pessoal e profissional. Foi o caso de Rayssa Matos, aluna do 1º ano do ensino médio. “O programa Jovem Trabalhador Muribequense vai beneficiar nós, jovens, que almejamos uma oportunidade no mercado de trabalho. E nada melhor do que um estágio na prefeitura para adquirir experiência profissional”, declarou.

O gestor da Diretoria de Educação do Baixo São Francisco (DRE 6), Max Cardoso Silva, mostrou-se satisfeito com o sucesso da parceria entre o Estado e o município de Muribeca para levar essa oportunidade aos jovens do Colégio Estadual Almirante Barroso. “Muribeca é uma cidade pequena, então essa é uma oportunidade para que esses jovens tenham uma experiência profissional. Futuramente, quando saírem do ensino médio, esse estágio no currículo vai facilitar muito a entrada deles no mercado de trabalho. Além disso, há essa ajuda financeira, que será uma forma de incentivar os alunos a estudarem mais, frequentarem a escola e estarem atualizados com os seus deveres”, afirmou.

A secretária de Educação de Muribeca, Jussiara Maria, declarou que o programa é um sonho que se concretiza. “Vai engrandecer a vida profissional de cada aluno. Essa é uma parceria importante entre o estado e o município que vai ajudar muito os nossos jovens que tanto precisam”, disse. Quem também se mostrou orgulhosa foi a diretora da escola, Iderlânia Costa Souza. “Esse programa será um grande estímulo para que esses jovens estudem mais, pois terá como critérios a excelência acadêmica e a frequência. Acredito que alunos que estão evadidos retornarão à escola, o abandono vai diminuir significativamente e eles terão um incentivo a mais para estudar, ter boas notas e estar mais frequentes no colégio. Os nossos jovens têm muitos talentos, o que faltava era essa oportunidade”, disse.

Assessoria de Comunicação da SEDUC

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

“Orientação e perfil são garantias de sucesso no mercado”, diz consultor
Socorro realizará drive-thru da Semana Nacional de Trânsito
Estado de Sergipe registra crescimento de 17,6% no setor de serviços
ABEMEC-SE promove curso de capacitação em vasos de pressão