Aracaju, 17 de setembro de 2021

Personal organizer Larissa Dorvillé ajuda a organizar e montar a mesa posta

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

A delicadeza dos detalhes é um prato cheio para sentar à mesa e desfrutar de uma refeição com a família. Um hábito que muita gente perdeu com o passar do tempo mas ganhou força durante a pandemia. As pessoas estão mais em casa e encontraram o prazer de preparar uma mesa bonita para se confraternizar, degustar a comida com calma e aproveitar o momento.

“A mesa posta, que é a organização de elementos como pratos, talheres e copos, cria cenários agradáveis e estimula o momento da refeição em família, entre amigos e até individuais. Por causa da pandemia e de novos hábitos forçados pelo isolamento social, as pessoas passam mais tempo em casa e acabam redescobrindo o prazer de se alimentar e promover um ambiente que valorize esses momentos. A combinação de requinte visual e bom gosto não chama a atenção apenas do olhar, mas também contribui para despertar o paladar”, explica a personal organizer Larissa Dorvillé.

Com esse movimento retornando, a mesa posta ganha destaque por trazer esse sentimento, de cuidado, de bem-estar. “Os elementos colocados de maneira correta e harmoniosa ajudam a valorizar os alimentos e despertam emoções, criando o cardápio perfeito para saborear o momento e aproveitar uma data tão especial quanto esta”, orienta.

Para manter as composições de forma harmônica, basta começar aos poucos. A regra é clara, o básico sempre funciona.

Larissa Dorvillé dá dicas de como manter a montagem mais prática para agilizar o processo. “Quem tem o hábito de usar por exemplo, requeijão, iogurte, manteiga, gelatinas… pode deixar tudo dentro de uma cesta que pode ser guardada dentro da geladeira para depois ser colocada na bandeja que vai para a mesa do café da manhã, depois é só colocar de volta os produtos na a cesta”, sugere.

A paixão pela mesa posta tem sido compartilhada diariamente nas redes sociais da Daniela Sampaio. Amante da gastronomia e decoração, a jornalista adotou esse hábito principalmente durante o isolamento social.

“É um ato de amor e é um privilégio ter esta disponibilidade para organizar a mesa para ter um momento de confraternização. Além de comer é momento para conversar e um saber mais sobre o dia do outro, trocar ideias fazer planos e degustar a refeição com calma. É um hábito familiar que pode ser adotado e faz muito bem para todos. O momento em família é muito importante e eu sempre recordo da minha infância”, explica.

Tendências

O importante é que as peças consigam transmitir a personalidade e os valores da família e da casa. A procura é cada vez maior pelas peças únicas e os trabalhos artesanais, que conferem um aspecto de personalização e exclusividade. Por isso, a tradicional renda Renascença, técnica de bordado surgida na Itália, no século XVI, está com a popularidade em alta. Além disso, a utilização de materiais sustentáveis vem ganhando mais adeptos, e há inclusive profissionais especializados na restauração de peças, o que permite a reincorporação de itens antigos nas composições atuais.

A procura por peças feitas à mão está em alta, porque elas trazem uma riqueza maior de detalhes e também podem expressar valores e conceitos. A criação de uma peça artesanal é algo complexo, e isso também vai ao encontro da questão da sustentabilidade, do processo de produção e dos materiais utilizados. As pessoas valorizam peças que vão durar muito tempo, para manter uma tradição dentro da família. As peças contam histórias, e por isso é importante que elas consigam agregar essas memórias e sentimentos.

A ideia é usar o estilo clássico com um toque de modernidade. Para isso, é recomendado um jogo americano branco e louça de porcelana fina com detalhes dourados, que trazem esse toque de modernidade. Além disso, o uso de flores naturais e coloridas, vai casar com esse estilo clássico e moderno ao mesmo tempo.

Uma regra importante para qualquer situação é usar flores naturais. Jamais flores artificiais. Uma mesa sofisticada e elegante se transforma com flores naturais. Também é válido dar preferência por toalhas de mesa ou jogos em tons neutros, o que possibilita o uso de cores nos detalhes.

Mesmo quando não há condições para se gastar com adornos e louças mais sofisticadas, também há alternativas para elaborar uma bela decoração. Elementos básicos podem fazer muita diferença na criação de um espaço mais aconchegante.

Além disso, as pessoas também devem acabar com a ideia de que as louças mais caras e valiosas da casa, que muitas vezes passam de geração em geração, devem ser utilizadas apenas para ocasiões especiais.

A dica para casas mais simples é usar muitas flores naturais. As flores trazem harmonia, energia boa, delicadeza. Então se você tiver uma louça, uma taça, talheres e um vaso de flores já tem condições de montar uma mesa e de desfrutar de uma boa decoração. Além disso, as pessoas também devem acabar com a ideia de que as louças mais caras e valiosas da casa, que muitas vezes passam de geração em geração, devem ser utilizadas apenas para ocasiões especiais.

Outra dica para ampliar a presença da mesa posta é recorrer a esse tipo de decoração mesmo sem companhia, ideal para pessoas que moram sozinhas. Ao contrário do que afirma o imaginário coletivo, que associa a mesa posta a grandes jantares ou reuniões de família, momentos solitários também podem se beneficiar de uma boa apresentação, o que também pode trazer mais alegria ao dia a dia de pessoas que estão se isolando sem companhia durante a pandemia.

Uma mesa posta também pode ser pensada de forma individual. Colocar um vaso com flores e dispor os talheres da maneira correta já são suficientes para despertar um momento mais prazeroso. Mesmo as pessoas que moram sozinhas podem fazer isso, colocar um pouco de charme no momento de se alimentar. A mesa posta traz alegria e afetividade na hora de reunir pessoas, mas também faz bem para quem não tem companhia mas quer fazer deste um momento especial, todo seu.

Fonte e foto assessoria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Sesc lança Semana Move na orla de Atalaia em Aracaju
Semana Nacional do Trânsito é aberta em Sergipe
Incêndio atinge apartamento no Centro de Aracaju. O trabalho durou cerca de 3 horas
Aracaju: Avenida Beira Mar terá trânsito temporariamente bloqueado domingo