Aracaju, 21 de setembro de 2021

Árvores próximas à rede elétrica podem causar acidentes

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Energisa orienta sobre os cuidados no plantio

Manter galhos e plantas longe da rede elétrica é uma medida de segurança para todos. Mas o cuidado deve começar desde o plantio das árvores, observando a distância correta em relação à rede de energia elétrica. Para evitar danos, é fundamental as podas preventivas. A Energisa só é chamada, por questões de segurança, quando os fios estão muito próximos da rede.

No primeiro semestre de 2021, foram registradas em Sergipe 1.500 ocorrências por árvore na rede. Cerca de 157 mil clientes foram prejudicados com a interrupção do fornecimento. Em dias de chuva e fortes ventanias, é comum galhos de árvores interferirem na rede elétrica, danificando os fios, ou árvores caírem sobre a rede, quebrando postes. Por isso, embora não seja de responsabilidade da Energisa, a empresa, preocupada com os clientes, realizou somente no primeiro semestre deste ano mais de 31 mil podas com equipes da empresa.

“Quando a poda não é realizada a tempo, os galhos das árvores podem ficar próximos dos cabos da rede elétrica e, havendo contato, pode ocasionar curtos-circuitos, rompimento de cabos, interrupção do fornecimento de energia e até mesmo energizar a árvore, elevando o risco de incêndio e choque elétrico. Se os galhos estiverem próximos à rede elétrica a Energisa deve ser comunicada. A empresa segue um cronograma para a realização de podas em locais que representem risco iminente de acidentes e danos. A poda realizada pela empresa é feita retirando somente a parte que está próxima a rede elétrica, seguindo critérios ambientais”, explica o gerente de Construção e Manutenção da Energisa, Thyago Tanouss.

Sobre o plantio correto de árvores:

A sombra produzida pela árvore sempre é boa, mas é importante considerar se a arvore é a correta para o local. É preciso observar a altura e o raio de copa que vai atingir na fase adulta, por isso:

Não plante árvores próximas ou embaixo de redes previamente instaladas;

O plantio em calçadas, sob a rede elétrica, deve ser planejado, respeitando os limites de árvores de pequeno porte com altura máxima de 4m;

Escolha plantas e árvores que não cresçam muito no seu jardim;

Respeite a faixa de servidão da rede elétrica, devendo ter uma distância mínima de segurança de 10 metros em relação ao traçado da rede.

Como evitar acidentes

Não faça podas de árvores que estiverem próximas ou em contato com a rede elétrica, pois os galhos podem tocar os fios e energizar a árvore. Nestes casos entre em contato com a Energisa;

Em propriedades particulares, a responsabilidade da poda é do proprietário. Caso a árvore esteja próxima à rede, o cliente deve entrar em contato com a Energisa e solicitar o desligamento da rede para que o serviço seja realizado com segurança pelo profissional contratado.

Não executar o serviço de poda sempre que houver proximidade de árvore/galho com a rede elétrica (distância mínima de dois metros) e, em caso de proximidade, acionar a Energisa para execução da poda;

Não subir ou utilizar varas metálicas para quebrar galhos ou até mesmo para apanhar frutos se estiver próximo à rede;

Em hipótese alguma, realizar o plantio de árvores a uma distância mínima de segurança de dois metros em relação a rede elétrica, principalmente as do tipo palmeira imperial e coqueiro.

Canais de atendimento da energisa:

Call Center: 0800 079 0196

Site: energisa.com.br

WhatsApp (Gisa): (79) 9 8101-0715

Aplicativo Energisa On (disponível no Google Play ou App Store do celular).

Foto assessoria

Por Adriana Freitas

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

MPF/SE abre recrutamento para ocupar função de confiança
Polícia Civil prende homem investigado por fraude ao DPVAT com prejuízo de mais de R$ 81 mil
Manuel Marcos destaca importância do Plano Diretor de Aracaju
HNSC promove palestra sobre Setembro Amarelo a servidores e pacientes