Aracaju, 17 de setembro de 2021

CUT-SE faz vigília em aeroporto e protesto no centro de Aracaju

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Por: Iracema Corso

Para barrar a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) nº 32/2020, da reforma Administrativa, que está em discussão na Câmara Federal desde a manhã desta terça-feira (14), a Central Única dos Trabalhadores (CUT Sergipe) e o movimento sindical de estado organizaram ontem uma vigília no Aeroporto Santa Maria em Aracaju e um protesto no Calçadão da João Pessoa.

As duas atividades de luta cumprem os objetivos de dialogar com a população informando os malefícios da reforma Administrativa e também o de pressionar os deputados federais de Sergipe para que eles não votem a favor da PEC que vai destruir os serviços públicos.

O presidente da CUT Sergipe, Roberto Silva, afirmou que a PEC 32 é mais uma mentira do governo Bolsonaro. “Aprovaram a reforma da Previdência, a reforma Trabalhista e a lei das Terceirizações dizendo que iam gerar emprego. Qual emprego foi gerado? A população está afundada em desemprego e carestia. Agora querem aprovar a reforma Administrativa para destruir o serviço público e dizem que vão gerar emprego. Ninguém acredita mais”, criticou.

Segundo Roberto Silva, a reforma Administrativa destrói os Planos de Carreira dos servidores públicos municipais, estaduais e federais; acaba com o concurso público destruindo o sonho de milhões de jovens que estudam para concurso e querem estabilidade no emprego público.

“É o retorno do ‘Trem da alegria’, que havia acabado com a Constituição de 1988. Além disso, a PEC 32 fortalece a corrupção no País porque acaba com a estabilidade do servidor e quem vai denunciar o chefe corrupto? A previsão é que a perseguição e a politicagem voltem ao serviço público. Tudo isso prejudica a população que mais necessita deste serviço”, alertou Roberto Silva.

Quem ainda está indeciso?

No aeroporto de Aracaju, o movimento sindical dialogou com os deputados sobre os malefícios que a reforma administrativa vai trazer para o serviço público e para a sociedade em geral. O deputado federal Gustinho Ribeiro disse que ia estudar sobre o assunto e que ainda não havia se decidido sobre o voto. Os deputados federais João Daniel, Fábio Mitidieri e Fábio Henrique já manifestaram seu voto contrário à PEC 32.

Através de vídeos, vários manifestantes mandaram recado para os deputados que não passaram pelo aeroporto. A professora Ivonete Cruz, presidente do SINTESE falou para o deputado federal Fábio Reis: “O que nós, trabalhadores, servidores, esperamos de Fábio Reis é que ele não vote nesta reforma que destrói o serviço público. E quem votar não volta”, afirmou Ivonete.

O professor da UFS e dirigente da ADUFS Marcelo segurava um cartaz do deputado Bosco Costa ao dizer: “esperamos que nossos representantes no Congresso compreendam que esta reforma administrativa será muito mais prejudicial para as pessoas que necessitam de saúde e educação pública, por isso conclamamos toda a classe política para que vote contra a reforma administrativa”, afirmou.

Professora Ivônia Ferreira, vice-presidenta da CUT Sergipe também mandou o seu recado. “Eu espero que o deputado federal Valdevan Noventa, eleito com o voto do povo sergipano, que honre o seu mandato. Nós estaremos de olho nos deputados que votarem a favor da PEC-32, eles não voltarão à Câmara dos Deputados”, avisou a professora Ivônia.

Agora, em Brasília

A Comissão Especial que discute a Reforma Administrativa PEC 32/20 iniciou hoje de manhã o debate sobre o substitutivo apresentado pelo deputado federal Arthur Maia (DEM/BA). Até o presente momento, a discussão continua (acompanhe ao vivo através do link). Caso o substitutivo seja aprovado, ele será enviado para a votação no Plenário da Câmara Federal. Acompanhe agora a mobilização contra a Reforma Administrativa do governo Bolsonaro (PEC 32) em Brasília .

O movimento sindical no Brasil alerta que o substitutivo de Arthur Maia que está sendo discutido agora na Câmara Federal é pior que a PEC 32 original, acesse o link e saiba mais!

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Doações de órgão: chances dos sergipanos precisarem de transplante são bem maiores
Hospital Cirurgia realiza ação para comemorar Dia Mundial da Segurança do Paciente
Preço médio do óleo diesel segue em alta no início do mês de setembro e litro se aproxima de R$ 5,00, aponta Ticket Log
Sergipe mantém vacinação dos adolescentes de 12 a 17 anos, priorizando portadores comorbidades