Aracaju, 21 de setembro de 2021

Deputado Luciano Bispo diz que Hospital do Amor impulsionará economia no município de Lagarto, que está em construção

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Durante sua passagem pelo município de Lagarto, nessa terça-feira (14), o presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Luciano Bispo (MDB), foi entrevistado pelo radialista Aloisio Santos Andrade, o “Prefeitinho”, na Juventude FM, e não escondeu sua expectativa com relação ao desenvolvimento da economia do município a partir do funcionamento do Hospital do Amor (pacientes com câncer) que está em construção e que será referência em saúde na região Nordeste.

Na entrevista, Luciano detalhou a apresentação feita no Fórum Itinerante de Lagarto do Plano de Desenvolvimento Estadual Sustentável de Sergipe (PDES), uma iniciativa da Alese em parceria com a Fundação Dom Cabral. O deputado pontuou que, após a chegada do Campus de Medicina da UFS, o município terá sua economia impulsionada com o início das atividades do Hospital do Amor. “Além de representar um boom na economia local, estamos falando em cuidar bem das pessoas”.

“Quando o Hospital do Amor entrar em funcionamento, o município também terá que contar com toda uma estrutura em volta para atender bem a demanda de pacientes que virão de outros Estados do Brasil. Lagarto passará a ser referência no cuidar do próximo e serão necessários restaurantes, hotéis, pousadas. Os acompanhantes vão ficar meses aqui e vão precisar desse acolhimento. Mas chegará em um momento que o Hospital sozinho não dará conta e o município precisa se planejar”, completou Luciano.

O deputado estadual colocou na entrevista que essa é a ideia de levar o Plano de Desenvolvimento para Lagarto, para envolver todos os setores, do poder público à classe empresarial, para pensar no futuro do município. “O município tem que caminhar próximo da classe empresarial, tem que alinhar esse planejamento, porque são eles que geram emprego e renda, que movimentam a economia. É preciso um olhar especial para o Turismo também”.

Em seguida, Luciano Bispo enfatizou que a gestão pública requer, cada vez mais, profissionalismo. “O amadorismo é coisa do passado, tem que ficar lá atrás. A gestão pública requer cada vez mais dinamismo, tecnologia, conhecimento e planejamento. Nós estamos formando nossos filhos e eles entram na fila do desemprego. O poder público tem que garantir condições para que os empreendedores trabalhem e se desenvolvam”.

Foto: Neu Fontes

Por Habacuque Villacorte

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Polícia Civil prende homem investigado por fraude ao DPVAT com prejuízo de mais de R$ 81 mil
Manuel Marcos destaca importância do Plano Diretor de Aracaju
HNSC promove palestra sobre Setembro Amarelo a servidores e pacientes
Servidores públicos reconhecem a atuação de Fábio Henrique contra a Reforma Administrativa