Aracaju, 19 de setembro de 2021

Deputados aprovam projetos que reduzem tributos estaduais

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

O Projeto de Lei Ordinária nº 211/2021, do Poder Executivo, foi aprovado nas Comissões Temáticas e no plenário durante a sessão desta quarta-feira, 15, na Assembleia Legislativa de Sergipe.  O PL acrescenta informações ao Artigo 18 da Lei nº 3.796, de 26 de dezembro de 1996, sobre Operações relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual  e Intermunicipal e de Comunicação (ICMS).

De acordo com o texto, a propositura busca acrescentar a alínea “m” ao inciso I do artigo 18 da lei instituindo a alíquota de ICMS de 13% nas operações e prestações internas envolvendo cervejas que contenham no mínimo, 0,35% de suco de laranja concentrado ou suco de laranja integral na sua composição, desde que comercializados em embalagem  de vidro ou lata.

Atualmente as cervejas comuns são tributadas à alíquota de 25% que, acrescida do percentual de 2% destinado ao Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza (Funcep), conforme Lei nº 4.731 de dezembro de 2002, totalizando uma carga de ICMS equivalente a 27%.

“Desse modo, ao reduzir a alíquota de ICMS dessas mercadorias para 13%, que somado ao percentual do Funcep, terá uma carga de 15%, busca-se incentivar a cadeia produtiva de laranja em nosso estado, ampliando a produção e o consumo da fruta, bem como fortalecendo a indústria cervejeira local, fato que impactará nos preços e nos custos de produção, reduzindo-os”, explica o projeto lembrando que a medida não é inovadora, pois outros estados a exemplo do Piauí, reduziu a alíquota da cerveja adicionada ao suco de caju, com o objetivo de fomentar a produção e a indústria cervejeira local.

Transporte Aéreo

Também foi aprovado o PL nº 212/2021, alterando os artigos 2º e 5º da Lei nº 8.762, sobre a não exigência do ICMS devido  pelo descumprimento de compromissos assumidos como requisito à concessão de benefício fiscal ao setor aéreo, quando derivar exclusivamente dos efeitos econômicos negativos relacionados à pandemia da doença infecciosa viral respiratória causada pelo novo coronavírus, nos termos da Lei Complementar nº 160, de 7 de agosto de 2017 e do convênio ICMS de julho de 2020, do Conselho Nacional de Política Fazendária (CONFAZ).

O deputado Georgeo Passos (Cidadania) destacou que segundo o projeto, 500 toneladas de laranja serão compradas pela Cervejaria Ambev. Quando o Governo quer reduzir impostos, faz os estudos e pede a essa Casa. Mesmo sabendo que a educação e saúde terão um pouquinho a menos, mas se é para o desenvolvimento, votei favorável aos dois projetos”, diz acrescentando que foi orientado a retirar de pauta, emenda de sua autoria, solicitando a redução de alíquota também para o suco de mangaba.

O deputado Gilmar Carvalho ( se manifestou contrário aos dois projetos. “Eu não sou contra a redução, mas esse é um momento em que os cidadãos estão sendo lesados, roubados e uma das causas está no ICMS dos combustíveis. No caso do gás de cozinha, o estado cobra 43%, quase a metade e não para esta Casa, um projeto do Executivo, propondo uma redução. A gasolina vai chegar a 10 reais e o Governo age como se não fosse com ele, pois as coisas que atormentam o povo não atormentam  o Governo. Votei contra às reduções de ICMS tanto da cerveja com gotas de laranja, quanto para o setor aéreo, como protesto”, ressalta.

O deputado Zezinho Guimarães (MDB), lembrou que a redução de impostos deve ser mais discutida. “Estamos reduzindo o imposto da cerveja sob o pano de fundo que tem uma gota de laranja. A nossa safra de laranja caiu em 2021 e para ter uma cerveja de laranja a produção será muito baixa. Outro pano de fundo é o de a laranja não gera ICMS porque é para exportação isso é desculpa para leigos, pois todos os produtos exportados não pagam ICMS, mas tem outra compensação através da Lei Kandir. Votei a favor mas peço encarecidamente que o secretário da Fazenda venha a esta Casa discutir as alíquotas de outros produtos”, enfatiza.

Foto: Jadilson Simões

Por Aldaci de Souza

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Sergipe receberá mais de 64 mil vacinas contra Covid-19
Prefeitura em Ação é realizado no Povoado Mata do Peru
Jovem é presa suspeita de tráfico de drogas no bairro Olaria
VacinAju: confira a programação da repescagem e dose de reforço do fim de semana