Aracaju, 23 de outubro de 2021

Após reunião do Comitê Científico, Belivaldo libera presença de público nos estádios, seguindo toda a orientação sanitária

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

O governador Belivaldo Chagas, após reunião do Comitê Técnico-Científico e de Atividades Especiais (CTCAE), nesta quinta-feira (16), com a participação do representante da Federação Sergipana de Futebol, Luiz Santana, e dos presidentes Ernan Senna (Sergipe), Hyago França (Confiança) e Wilson Mendonça (Itabaiana), decidiu pela liberação do público no estádios em jogos de futebol profissional, seguindo alguns requisitos obrigatórios.

A decisão se dá pela avaliação do cenário epidemiológico do Estado, atualmente há 6 dias sem registrar mortes pela Covid-19, além do baixo índice de ocupação de leitos, contágio e queda nos casos. O jogo entre Confiança e Sampaio Corrêa pela série B do Campeonato Brasileiro, na Arena Batistão, será um evento-teste para estas medidas. A liberação é para todos os campeonatos organizados pela CBF no estado, mas até agora apenas o Confiança conseguiu liminar no STJD para ter torcida no estádio.

A venda de ingressos deve se dar prioritariamente por meio eletrônico. O limite de público tem que ser de até 20% da capacidade do estádio, e caso este seja dividido por setores, cada um deve obedecer também aos 20%. Apenas poderão ingressar quem tenha recebido a 1ª e a 2ª dose ou a dose única do imunizante contra a Covid-19, ou que apresentem teste antígeno/RT-PCR negativo realizado com o máximo 72h de antecedência. Além de documento oficial com foto, é necessária comprovação pelo cartão ou aplicativo ConecteSUS, se for pela vacinação, ou teste negativo.

Os acessos devem ser organizados para evitar a aglomerações, sendo que todos os portões devem ser fechados até 1h antes do início da partida. O torcedor deve permanecer prioritariamente sentado, com distanciamento mínimo de um metro entre as pessoas ou grupos de coabitantes de até 4 indivíduos. Com exceção dos técnicos, os atletas em campo e a equipe de arbitragem, o uso de máscaras é obrigatório, incluindo atletas nos vestiários e bancos de reservas, profissionais de imprensa, saúde, segurança e outros.

Segue proibida a torcida visitante, a venda de alimentos e bebidas no estádio e aglomeração nas imediações.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Polícia Civil de Estância realiza quatro prisões por tráfico de drogas no município
Aracaju suspende vacinação contra Covid durante o fim de semana 
Empresa ceramista sergipana inicia vendas e retoma fábrica
Terceiro sorteio da mega-semana da sorte pode pagar R$ 26,5 milhões neste sábado (23/10)