Aracaju, 20 de outubro de 2021

Engenheiros da NASA participam de evento com estudantes

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Maratona de inovação será aberta domingo à tarde no Tiradentes Innovation Center, em Aracaju, e terá a participação de 120 estudantes dos ensinos Fundamental e Médio

Começa neste domingo, 19, e vai até o dia 25 a Maratona de Inovação para o Bem, promovida pela FCI Maker, que organiza o projeto Feira de Ciências Itinerante. Realizado com o apoio do Grupo Tiradentes, ele será um grande evento de integração e capacitação de jovens interessados em tecnologia e inovação. Cerca de 120 jovens, entre 10 e 18 anos, estudantes dos ensinos Fundamental e Médio de escolas públicas e privadas da capital e do interior, além de alunos no primeiro período da graduação, vão participar das atividades da maratona.

O evento será aberto e acontece na sede do Tiradentes Innovation Center (TIC), no campus Aracaju Farolândia, da Universidade Tiradentes (Unit Sergipe), a partir das 17h, com um pocket show da dupla Chiko Queiroga e Antônio Rogério, seguido de um debate com a participação presencial de duas convidadas internacionais: Madeline Zhang, engenheira de software da Google; e Zaida Hernandez, engenheira térmica da NASA (agência espacial norte-americana).

Ao longo da semana, entre os dias 20 e 25, serão ministradas oficinas virtuais com as engenheiras e mais outros três convidados: o engenheiro aeroespacial Sérgio Sandoval, da NASA, a engenheira eletricista Katya Echazarreta, também da NASA, e o educador de design Heewon Lee, coordenador do programa de inovação humanitária do D-Lab do MIT (Massachusetts Institute of Technology). Também participarão os professores Cochiran Pereira e Tiago Nery, ambos do Departamento de Física da Universidade Federal de Sergipe (UFS), Nilson Júnior, do projeto Feira de Ciências Itinerante, e Liggia Lima, pesquisadora em inteligência artificial e embaixadora da Maratona Behind the Code IBM 2020.

Os alunos participantes serão ainda incentivados a desenvolver, a partir dos conhecimentos aprendidos, protótipos de aplicativos, softwares e objetos que sejam destinados a solucionar problemas relacionados à acessibilidade, comunicação alternativa, inclusão digital de pessoas com deficiência. “Durante os dias de evento os alunos participarão de oficinas de desenvolvimento de habilidades e depois receberão um desafio para o qual precisarão construir uma solução. O nosso principal objetivo é levar os alunos a compreenderem de forma prática como se dá o processo de construção de prototipagem da solução para um problema enfrentado por pessoas reais”, explica o professor de física Heli Lucas Santos Pinto, CEO da FCI Maker.

Os alunos serão divididos em grupos e terão à disposição ferramentas, equipamentos e itens de eletrônica, programação e impressão 3D, com os quais deverão trabalhar no desenvolvimento dos protótipos, que serão apresentados aos convidados no sábado, dia 25. “Embora o foco maior do evento seja o processo e não o resultado final, todos os grupos deverão apresentar uma versão preliminar do seu protótipo no último dia, além de explicar o processo que os levou a escolher aquele caminho como potencial solução para o problema”, destaca Heli.

Além do Grupo Tiradentes, o evento conta ainda com o apoio da Associação Sergipana de Ciências, de professores da Universidade Federal de Sergipe (UFS) e dos Colégios CCPA, Amadeus, CEPI Expansão, Pró-Mundo e Colégio do Salvador.

A ideia

O professor conta que a ideia da maratona surgiu a partir da Feira, que existe desde 2013 e faz atividades de divulgação da ciência e tecnologia a alunos da rede pública em Sergipe e outros estados. “Em 2020 a pandemia tornou impossível qualquer atividade presencial, então nós nos adaptamos e iniciamos uma série de reuniões online com pessoas do mundo todo e entre essas pessoas engenheiros da NASA, Google, Boeing e youtubers de vários países, sempre com o objetivo de trocar ideias sobre inovação e projetos que popularizam a ciência e a tecnologia”, disse ele, acrescentando que a série de reuniões se agregaram a uma agregadas a uma experiência de imersão em cultura de inovação no MIT, promovida em 2019.

O trabalho de incentivo e divulgação junto aos estudantes ganha o reforço do Grupo Tiradentes, através da Universidade Tiradentes (Unit Sergipe) e do TIC, centro de inovação voltado ao desenvolvimento de soluções inovadoras nas áreas de ciência e educação. “O Tiradentes Innovation Center é uma referência em Sergipe como um espaço pensado e destinado a fomentar a inovação no estado. Por isso, a parceria entre Grupo Tiradentes e a Maratona de Inovação para o Bem nos traz o respaldo de quem já tem o reconhecimento da sociedade como referência em investimentos e contribuições relevantes para a área. Além disso, toda a estrutura oferecida pela instituição trás o ambiente perfeito para o evento”, concluiu Heli.

A programação completa e  outras informações estão disponíveis no site https://www.inovacaoparaobem.com.br/

Assessoria de Imprensa

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Simula Enem aplicado presencialmente em todos polos Preuni
Belivaldo mostra o “dever de casa” que fez nas contas do Estado para “Sergipe avançar”
18 anos do Bolsa Família são destacados pelo deputado João Daniel em sessão da Câmara
Com 6ª alta consecutiva, preço da gasolina já está 12% mais caro nas primeiras semanas de outubro