Aracaju, 19 de outubro de 2021

Fábio: a Reforma Administrativa é ataque ao serviço público

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

O dia 16 deverá ser marcado pela votação da Comissão Especial e também no Plenário da Câmara Federal da Proposta de Emenda à Constituição 32, a conhecida Reforma Administrativa, proposta pelo Governo Federal. O deputado Fábio Henrique (PDT/SE), que é membro da Comissão, declarou ser contra a PEC 32 por considerar um ataque ao serviço público.

“Entendo que o texto do relator deputado Arthur Maia (DEM/BA) melhorou muito, mas continuou votando contra por entender que o serviço público deve ser sempre prestigiado, profissionalizado. Não se pode penalizar a todos os servidores por comportamento de alguns poucos”, declarou o deputado sergipano.

Fábio Henrique citou como exemplos do que essa Reforma possibilita: “a criação de contratos temporários de até seis anos, ou seja, o prefeito não fará concurso público para ter contratos de forma precária. E ainda permite a terceirização de atividades como a Educação e a Saúde, que quer dizer permitir as privatizações dessas áreas”, detalhou.

“Não é acabando com o serviço público, dando aos políticos o direito de nomeação e de demissão ao bel prazer, que iremos ter a melhoria do serviço público. Lembrem-se do profissional da saúde que aplicou a vacina da Covid, o policial que está lhe defendendo nas ruas, os professores que estão dando aula para o seu filho são servidores públicos e merecem o nosso respeito. O servidor público não é culpado pelos problemas do Brasil”, declarou o deputado Fábio Henrique.

Por Henrique Matos

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Outubro Rosa: Servidoras do Huse participam do Dia da Beleza
A importância do turismo religioso em Sergipe é tratada no plenário da Assembleia Legislativa
“Mais ciclistas estão morrendo e precisamos agir rápido”, diz Breno 
Vereador Cícero pede urgência em obras de pavimentação no Bairro Santa Maria