Aracaju, 19 de outubro de 2021

Aracaju ultrapassa marca de 470 mil pessoas vacinadas contra covid-19

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

A Prefeitura de Aracaju segue avançando com o cronograma de imunização dos aracajuanos contra a covid-19 e superou, neste sábado (18), a marca de 470 mil vacinados. A campanha inclui, atualmente, adolescentes de 16 anos, sem comorbidades, além da aplicação da segunda dose para quem já tinha agendamento, bem como os adultos inseridos na repescagem que ainda não receberam a primeira dose do imunizante.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), o balanço do dia fechou com 817 adolescentes imunizados, 4.105 pessoas vacinadas com a segunda dose, 14 gestantes, puérperas ou lactantes, e 39 pessoas com a dose de reforço, totalizando 5.162 aplicações.

Com mais esse quantitativo diário, a capital sergipana chegou à marca de 470.815 pessoas vacinadas com, pelo menos, a primeira dose, até o momento, o que representa 70,8% da população geral.

Cronograma

A população de 16 anos de idade tem até o próximo dia 23 para receber a primeira dose da vacina e, para isso, conta com sete pontos fixos e o drive-thru montado no Parque da Sementeira, ponto para o qual ter acesso é necessário se cadastrar no portal “VacinAju” e aguardar liberação do código autorizativo. No local, a vacinação acontece das 8h às 17h.

Nos demais pontos fixos, no total de sete, basta apresentar documento de identificação com foto e comprovante de residência em nome dos pais. São eles: Estação Cidadania (Bugio); UBS Santa Terezinha (Robalo); Shopping Riomar (Coroa do Meio); Aracaju Parque e Shopping (Bairro Industrial); Universidade Tiradentes (Farolândia); Uninassau (avenida Augusto Franco); e Igreja Universal do Reino de Deus (próximo ao Terminal DIA).  Nos pontos, a imunização ocorre das 8h às 16h.

Para o público da repescagem, a vacinação acontece no auditório da Escola Municipal Presidente Vargas, no bairro Siqueira Campos, das 8h às 16h. No local, também está sendo realizada a imunização de gestantes, puérperas e lactantes. Não é necessário se cadastrar, bastando apenas levar documento de identificação com foto e CPF e comprovante de residência de Aracaju em nome da pessoa a ser vacinada.

Antecipação

Quem precisa completar o esquema vacinal até 30 de setembro pode procurar um dos pontos de vacinação. A dose dois de Pfizer está disponível no drive do Parque da Sementeira e no drive do 28 BC, das 8h às 17h (não precisa apresentar código); Igreja Universal, UBS Santa Terezinha; Uninassau; Unit; e Estação Cidadania, todos os dias, das 8h às 16h.

Para receber a segunda dose, é preciso apresentar cartão de vacinação (obrigatório), documento com foto e comprovante de residência de Aracaju.

Com relação à segunda dose de AstraZeneca, continua disponível para quem precisa completar o ciclo vacinal até 22 de setembro. Os pontos são: UBSs Augusto Franco, Roberto Paixão (17 de Março), Cândida Alves (Industrial) e Marx de Carvalho (Ponto Novo); Igreja Universal (ao lado do terminal do D.I.A.); Universidade Tiradentes (Unit); Externato São Francisco (Suíssa) e nos drives do Parque da Sementeira (Farolândia) e do Quartel do 28 BC (18 do Forte).

Para esse público, também há particularidades nos dias e horários. Todos os pontos funcionarão das 8h às 16h, com exceção dos drive-thrus, que funcionam das 8h às 17h. E a UBS Roberto Paixão (17 de Março) só estará aberta para aplicação de D2 da AstraZeneca de segunda a sexta-feira, de 13 a 17 de setembro.

A segunda dose de CoronaVac continua sendo administrada no auditório anexo à Escola Municipal Presidente Vargas, no bairro Siqueira Campos, das 8h às 16h.

Foto: Jamisson Souza

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Editora Seduc divulga o resultado preliminar das obras selecionadas para publicação
Epecialistas orientam como alimentação pode prevenir câncer de mama
Procuradoria da Mulher: “Já existe, mas está difícil ser materializada”, afirma vereadora
Dr. Samuel apresenta Moção solicitando a rejeição da PEC 05/21 que trata da composição do CNMP