Aracaju, 19 de outubro de 2021

Gararu chora a morte dos irmãos gêmeos Higgor e Huggo em incêndio na mercearia da família

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

A cidade de Gararu, às margens do Rio São Francisco, no sertão de Sergipe, vive um de muita tristeza e luto, com o incêndio que ocorreu na tarde deste sábado (18), no depósito da mercearia Dois Irmãos, provocando a morte dos gêmeos Higgor Augusto e Huggo Antônio, de quatro anos.

A mãe das crianças, Neutênia Danielle Fróes da Silva Lima. também sofreu queimaduras graves, sendo levada pelo Samu para o Huse, em Aracaju, aonde se mantém internada. O pai dos gêmeos, o comerciante Pedro Fonseca Lima, não teve queimaduras significativas, mas o irmão mais velhos dos gêmeos tentou salvá-los, mas não conseguiu..

Segundo o Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp), o Corpo de Bombeiros foi acionado às 13:30 horas para tentar debelar o incêndio que teve início em num depósito da loja. A mãe dos dois irmãos, ao perceber o incêndio, tentou entrar no fogo, mas foi contida por populares que já haviam percebido as chamas e conseguiram apagá-la. A guarnição atuou no rescaldo e na avaliação da estrutura. A causa do incêndio só deve ser divulgada após perícia no local. O irmão mais velho dos gêmeos também tentou salvá-los e sofreu queimaduras, sendo conduzido para o Huse.

O superintendente do Huse, Walter Pinheiro, explicou que das cinco vítimas que deram entrada no setor de emergência do hospital, duas delas estão na área vermelha. A mãe das crianças foi intubada devido a lesão inalatória, além de ter tido quase a metade do corpo queimado (45%). “É uma paciente grave que foi conduzida para o centro cirúrgico para fazer curativos e encaminhada para Unidade de Terapia de Queimados, onde terá o seu tratamento conduzido”, disse.

Ainda de acordo com o superintendente, O irmão das crianças teve lesão respiratória, mas por dificuldades de respiração pelo edema na via aérea, preventivamente foi intubado. Já o pai das crianças estão na ala de sutura, com menor gravidade, mas em observação.

Belivaldo lamenta – O governador Belivaldo Chagas, através das redes sociais, lamentou o ocorrido em Gararu: “Quero aqui expressar minha solidariedade e extrema tristeza com a morte dos gêmeos Igor e Hugo, de 4 anos, vitimados por um incêndio que atingiu o depósito de uma mercearia no município de Gararu”.

Segundo Belivaldo, “as equipes do Corpo de Bombeiros Militar (CBMSE), Polícia Militar (PMSE) e SAMU Sergipe 192 foram enviadas ao local e conseguiram resgatar quatro pessoas – incluindo a mãe das vítimas, que segue internada no Hospital João Alves Filho – mas as crianças acabaram não resistindo. As investigações sobre as causas do acidente já começaram”, e concluiu: “Rogo a Deus que ajude na recuperação da mãe destes meninos e conforte o coração desta família”.

A vice- governadora Eliane Aquino (PT), também se manifestou sobre o incêndio: “minha solidariedade e pesar aos familiares de Higgor e Huggo, gêmeos de Gararu vitimados por um incêndio na tarde de hoje. Uma perda que comove a cidade e se estende a todos nós, pela dor da partida dessas crianças ainda na primeira infância, anjos, portanto”.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Outubro Rosa: Servidoras do Huse participam do Dia da Beleza
A importância do turismo religioso em Sergipe é tratada no plenário da Assembleia Legislativa
“Mais ciclistas estão morrendo e precisamos agir rápido”, diz Breno 
Vereador Cícero pede urgência em obras de pavimentação no Bairro Santa Maria