Aracaju, 3 de dezembro de 2021

Plano de Desenvolvimento da Alese é fundamental para o crescimento econômico e social do Estado

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Por Diógenes Brayner

O Plano de Desenvolvimento Estadual Sustentado de Sergipe (PDES) lançado pela Assembleia Legislativa através de parceria com a Fundação Dom Cabral, dá uma nova expansão ao trabalho do parlamento em Sergipe, que faz uma análise profunda dos números de crescimento do passado, em comparação com o momento presente. Havia realmente necessidade de uma integração maior entre o legislativo e as necessidades de desenvolvimento de Sergipe.

A Assembleia não poderia permanecer em discussões internas, geralmente de caráter político, sem se aproximar mais concretamente de uma realidade que se discutia apenas através de interesses coloquiais, para que cada um se destacasse em pronunciamentos sobre a realidade não consolidada e através dos olhos que não enxergavam a necessidade técnica para um estudo que sugerisse maior amplitude aos problemas da comunidade.

O próprio Fórum Itinerante surge como um avanço para se chegar bem mais próximo a segmentos que podem ajudar e participar do desenvolvimento que tanto se precisa nesse momento de recuperação de cada Estado e do próprio País. Sugerido pelo presidente da Alese, deputado Luciano Bispo (MDB), o Fórum vai acontecer em municípios – dez aproximadamente – junto com as Câmaras Municipais, com a participação de gestores, empresários e das comunidades, que são as mais conscientes da realidade que enfrentam e capazes de relatar meios regionais para se integrar a um projeto que avalie como se chegar ao crescimento regional.

Ser coadjuvante – Luciano Bispo, que participou diretamente de toda a criação do projeto, demonstra sua visão de que a busca de um desenvolvimento sustentável vai além de qualquer ação parlamentar e demonstra que a Assembleia, como um todo, precisa ser coadjuvante nesse processo de crescimento do Estado, ao lado do executivo e setores da área privada que atuam com visão de uma reestruturação ampla em todas as suas vertentes. Luciano defende um avanço nas questões sociais, ouvindo diversos segmentos, dos empresários, industriais, do próprio governo e outras instituições.

Essa iniciativa da Assembleia Legislativa dá uma demonstração clara da preocupação do presidente da Casa, deputado estadual Luciano Bispo, através da experiência adquirida como prefeito do município de Itabaiana, e das visitas constantes que faz a vários municípios do Estado, durante o período que está e esteve à frente da Alese. Ele percebeu que cada região tem características variáveis para um projeto de desenvolvimento sustentável, que se deve identificar através de estudos e participação de sua população, que deve ser avaliado com maior intensidade, dentro dos segmentos econômicos característico de cada município.

A sensibilidade de Luciano Bispo deixa clara que a sua ação parlamentar demonstra competência para atuação num projeto político de executivo, em que colocaria toda essa visão a serviço de um Estado que precisa ampliar a sua estrutura econômica, dentro das necessidades sociais e que leve a sociedade como um todos, em todas as suas tendências e vocações, a participar do desenvolvimento planejado, que torne o futuro mais presente.

Início em Socorro – O Fórum Itinerante foi iniciado com uma sessão na Câmara de Vereadores de Nossa Senhora do Socorro, e a apresentação técnica do Plano atraiu diversos segmentos e empresários ligados à atividade econômica do município. “Diante tantas pessoas presentes em Socorro, fiquei com a convicção que acertamos na escolha de iniciar por lá esse Fórum. Por onde a gente passar, eu farei questão de dizer que este Plano não é meu, mas um presente da Assembleia para o povo sergipano”.

O presidente da Alese reforçou que, com o Plano de Desenvolvimento, agora se tem uma base técnica, um diagnóstico preciso, que agora precisa ser potencializado, melhorando e ampliando a relação com o setor produtivo. “Para tornar esse Plano viável e acessível à população em geral, estamos promovendo uma ampla discussão com audiências públicas itinerantes e regionalizadas. Estamos buscando resultados efetivos, criando um ambiente atraente e bastante competitivo”.

Em Lagarto – Essa semana a Assembleia Legislativa de Sergipe deu continuidade ao Fórum Itinerante do Plano de Desenvolvimento desta vez em Lagarto, no auditório da Faculdade Ages, que cedeu o espaço para abrigar uma sessão da Câmara Municipal, para que os técnicos da Alese fizessem uma exposição para os vereadores e empresários da cidade. Assim como em Nossa Senhora do Socorro à aprovação do público foi muito satisfatória.

“Eu sou o homem público que mais fez e olhou para os mais pobres de Itabaiana, minha terra, mas também sempre tive a preocupação de incentivar o empresariado em geral, porque eles geram emprego e renda, elevam a receita do município. Só que eles precisavam de um ‘norte’, assim como os prefeitos. Agora eles já possuem uma ‘direção’ com o Plano de Desenvolvimento Estadual Sustentável”, completou o presidente da Alese.

Para Luciano Bispo esse PDES vai servir de parâmetro para empresários locais e gestores municipais conhecerem, com mais profundidade, as riquezas e deficiências de suas respectivas cidades. “A ideia de promover audiências itinerantes aproxima o Poder da sociedade, mas também dá essa direção para os novos investidores. É preciso que o poder público estimule essas pessoas a buscarem suas vocações”. A próxima edição do Fórum Itinerante está agendada para Estância, no próximo dia 28.

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Linda Brasil aprova em primeira discussão projeto que exige de intérprete de Libras
Dra. Paula Saab recebe Moção de Aplausos da Câmara Municipal de Aracaju
Alessandro Vieira trabalhou de forma intensa para melhorias na PEC dos Precatórios
TRE-SE cassa mandato do deputado federal Valdevan Noventa em votação unânime, mas cabe recurso junto aoTSE