Aracaju, 19 de outubro de 2021

SE: temperaturas acima da média para o período serão as principais características da Primavera

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

A Primavera chega em Sergipe com os termômetros registrando aumento na temperatura. O clima da nova estação deve trazer menos chuvas e mais calor para todas as regiões do estado. Mais conhecida como a Estação das Flores, a Primavera vem a ser o período de transição do clima seco e frio do inverno para o quente e úmido do verão, e possui como características principais, a volta das chuvas e o calor que aumenta gradativamente, uma espécie de preparação na natureza para o verão, cujo início é pouco antes do Natal.

Praticante de caminhadas e corridas diárias, a administradora Joana Lima diz que as temperaturas já se mostram elevadas. “Gosto muito da primavera, para mim é a melhor estação para praticar atividades ao ar livre, mas desde os últimos dias sinto que o calor tem aumentado. Caminho e corro no mesmo horário, e estou mais suada e cansada que o normal. A partir de agora farei meus exercícios uma hora mais tarde”, declara.

Tendo o início do equinócio no Hemisfério Sul, a partir das 16h21 desta quarta-feira, a Primavera este ano poderá ter algumas mudanças de padrão, uma vez que o trimestre entre os últimos dias do mês de setembro até o final de novembro será marcado pela escassez de chuva e temperaturas abaixo da média para o período.

De acordo com os estudos meteorológicos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), nos estados do Nordeste, parte de Mato Grosso do Sul e São Paulo, sul de Minas Gerais e Oeste do Paraná e de Santa Catarina, as chuvas ocorrerão bem abaixo da média histórica, diferente dos dois últimos anos em que elas ocorreram com frequência considerável.

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), durante a primavera deste ano, os efeitos do fenômeno climático La Niña serão sentidos em grande parte do país, podendo afetar a regularidade das chuvas. Outro fator provocado pelo fenômeno será o aumento das temperaturas, que na parte central e no Nordeste do Brasil serão as mais altas do que a média histórica registrada durante a estação.

Efeitos já sendo sentidos

Estação mais florida, romântica, colorida e convidativa às atividades de lazer em parques e praias nos períodos diurnos, uma vez que na primavera os dias e as noites possuem basicamente a mesma duração, a variação dos termômetros já vem sido percebido pelos sergipanos.

Adepta das caminhadas vespertinas, a dona de casa, Juçara Carlota Lima também vem notando o aumento da temperatura. “Geralmente caminho a partir das quatro horas da tarde e nos últimos dias estão mais quentes, abafados, creio que já é o efeito da primavera, mas continuarei com as minhas atividades”, afirma.

Foto Sedurb

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Aracaju lança projeto para infraestrutura de dados espaciais
Editora Seduc divulga o resultado preliminar das obras selecionadas para publicação
Epecialistas orientam como alimentação pode prevenir câncer de mama
Procuradoria da Mulher: “Já existe, mas está difícil ser materializada”, afirma vereadora