Aracaju, 20 de outubro de 2021

Edvaldo sanciona lei combate pobreza menstrual nas escolas

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Em evento, Ministério Público cedeu ônibus para ações da Assistência Social

O prefeito Edvaldo Nogueira sancionou, na manhã desta quinta-feira, 23, a lei 5.399/2021 para o projeto “Florir”, de combate à pobreza menstrual. O ato ocorreu na sede do Ministério Público de Sergipe (MP/SE), que será parceiro da Prefeitura na execução do projeto. Voltada para a promoção de ações de saúde menstrual e para o fornecimento de absorventes, a iniciativa impactará na vida de 7.272 estudantes, matriculadas nas escolas do município. Na ocasião, também foi assinado um termo para cessão de um ônibus pelo MP/SE à Secretaria Municipal da Assistência Social.

“Estou muito feliz porque o Florir é um projeto muito importante. Vamos enfrentar um problema grave, que é a pobreza menstrual, dando dignidade às meninas que estudam na rede municipal de ensino. As estatísticas mostram que 46% das estudantes deixam de ir à escola quando menstruam e isso não só dificulta a aprendizagem como interfere na vida social, dentro do âmbito escolar. Então, estamos dando um grande passo hoje, enfrentando uma questão que já é discutida no país inteiro”, destacou Edvaldo ao sancionar a lei.

O prefeito ressaltou também que as ações serão desenvolvidas pelas secretarias da Assistência Social, Saúde e Educação, através de um Comitê Multidisciplinar. “Não vamos apenas distribuir os absorventes, mas realizar diversas ações de conscientização, que envolverão as famílias destas meninas.  Aproveito para agradecer a parceria do Ministério Público de Sergipe para que chegássemos a esta lei, que é um marco, e aos vereadores pela rápida aprovação do projeto”, salientou.

Com relação ao ônibus cedido pelo Ministério Público de Sergipe à Prefeitura, para as ações desenvolvidas pela Secretaria Municipal da Assistência Social, Edvaldo salientou que “o ônibus será usado em atividades importantes, para a busca ativa”. “Com o veículo poderemos realizar o trabalho de levantamento, de cadastramento, de abordagem social, de contato com a população. O ônibus cumprirá o papel de levar nossas equipes sociais para atender às comunidades mais vulneráveis, por isso, agradeço imensamente ao Ministério Público por mais esta parceria”, frisou.

O procurador-geral de Justiça, Manoel Cabral Machado também manifestou sua satisfação pela parceria com a Prefeitura. “A lei para o “Florir” é uma lei de profundos efeitos sociais, então, é uma alegria para o Ministério Público fazer parte deste projeto. Já o ônibus será voltado para o atendimento da comunidade com trabalhos sociais, ações itinerantes em áreas de maior vulnerabilidade social. É uma maneira de estimular a cidadania, o respeito aos direitos, e de aproximar os órgãos públicos da população que mais precisa. Portanto, é uma felicidade para nós e o Ministério Público está à disposição para essas causas”, afirmou.

O procurador reiterou ainda que as iniciativas são “parte do processo de concretização de um trabalho bem feito, em favor da população aracajuana”, e que “é uma alegria receber o prefeito e sua equipe no Ministério Público, nesta manhã”.

Florir

O projeto ‘Florir’ será realizado por meio de parceria entre a Prefeitura e o Ministério Público de Sergipe. A ação terá como foco o combate à pobreza menstrual nas escolas de Aracaju, assegurando às estudantes matriculadas na rede o acesso ao absorvente, item indispensável no período menstrual, e permitindo a elas frequentarem as aulas durante o ciclo menstrual.

“A Câmara entendeu a urgência desse projeto e sua importância. Uma vez que nós, vereadores, estamos mais próximos da população, sabemos o quanto essa iniciativa será relevante para as adolescentes e jovens que estudam na rede municipal de ensino de Aracaju”, declarou o vereador Isac Silveira, representando os demais parlamentares.

O projeto também será voltado para a promoção de ações de saúde e educação, e para o combate à desinformação sobre menstruação, ampliando o diálogo sobre o tema na comunidade escolar e nas famílias das estudantes, através de ações desenvolvidas pela Secretaria da Educação, em parceria com as secretarias da Saúde e Assistência Social.  Além disso, o ‘Florir’ terá como finalidade reduzir a evasão escolar das estudantes, melhorando o nível de aprendizagem; e viabilizar materiais educativos, oficinas e campanhas de informação sobre saúde e higiene menstrual.

“Hoje é um dia muito feliz, com a sanção desta lei que beneficia mais de sete mil adolescentes. Não é só a distribuição de absorventes, mas a garantia da dignidade social para essas meninas, mulheres, nas escolas municipais de Aracaju. É educação, saúde. Então, parabenizo a Prefeitura pela agilidade com que o processo andou, ao prefeito Edvaldo, pela prioridade dada ao tema, e a Câmara Municipal, pela aprovação do projeto”,  destacou a promotora de Justiça da 11ª Promotoria de Justiça dos Direitos do Cidadão, especializada nos Direitos da Mulher, Gicele Mara Cavalcante d’Avila Fontes.

Ônibus

Já o ônibus, cedido pelo Ministério Público de Sergipe, ficará à disposição da Secretaria Municipal da Assistência Social para o programa “Assistência Presente”, em que as equipes se deslocam até os bairros da cidade com o intuito de realizar visitas às famílias assistidas pelo órgão municipal. “O ônibus vai abraçar o nosso projeto. Vai trazer dignidade para os trabalhadores no desenvolvimento das ações sociais, que levam dignidade aos usuários que residem nas regiões onde não temos equipamentos socioassistenciais, a exemplo da zona de Expansão, onde atuaremos, principalmente. Ou seja, vai servir de apoio e levar mais direitos aos cidadãos. Só temos a agradecer”, expressou a secretária da Assistência Social, Simone Passos.

Acompanharam o ato a vice-prefeita Katarina Feitoza, os vereadores Isac Silveira, Sávio Neto de Vardo, Binho pelo Social, os procuradores Paulo Lima Santana, José Carlos de Oliveira Filho, Eduardo d’Avila e Conceição Figueiredo, os promotores Etélko Prado, Elias Pinto e Djaniro Jonas, e as secretárias municipais da Educação, Cecília Leite, e da Assistência Social, Simone Passos.

Fotos: Ana Lícia Menezes/PMA

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Rogério vota pela criação de auxílio para famílias de baixa renda comprarem gás
Aracaju: Secretaria Saúde confirma transmissão comunitária da variante Delta no município
Hospital Primavera celebra Dia do Médico de uma forma diferente
Governo de Sergipe paga o auxílio tecnológico a mais de 5.700 professores