Aracaju, 18 de outubro de 2021

Laranjeiras não retoma aulas presenciais em 2021

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Em reunião realizada nesta quinta-feira, 23, com representas das secretarias de Educação, Saúde e Sindicato dos Profissionais do Magistério (SINTESE) ficou definido que as aulas presenciais no município de Laranjeiras não serão retomadas este ano, porém os estudantes continuam desenvolvendo as atividades de forma remota, assim como participando de ações educativas e vivências.

De acordo com a Secretaria Municipal de Educação, os estudantes vão participar, de forma presencial apenas em aulas preparatórias para a Prova Brasil, que acontece no próximo mês de novembro. Porém, a atividade será em horário marcado pelas escolas e respeitando todos os cuidados sanitários, para evitar o risco de contaminação da COVID-19.

“Este é um momento de muita cautela e a gestão está tomando todos os cuidados para não elevar os índices de contaminação no município, já que, o aluno em sala de aula envolve uma rede de serviços como, merendeira para preparar e servir a alimentação, o transporte sem aglomeração e higienização mais rigorosa para este período e tantas outras coisas, que não são simples assim. Portanto, não vemos um momento propício para um retorno seguro, disse a Secretária Municipal de Educação, Maurina Cruz.

A gestora em Educação destacou ainda que: “diversos municípios do Brasil e em países desenvolvidos, que já retornaram às aulas presenciais foram obrigados a recuar e tem apresentado um crescimento no número de casos de crianças e jovens contaminados após o retorno das atividades letivas. Além de risco para os profissionais de Educação, a retomada das aulas acarreta mais um risco de contaminação para as famílias. Por isso, optamos por não retornar”, destacou Maurina.

A diretora de bases municipais do SINTESE, Vera Lúcia da Silva, compreendeu as razões apresentadas pelos técnicos da secretaria e destacou que, a Resolução do Conselho Nacional da Educação estabelece que o município tem autonomia para tomar essa decisão. “O retorno às atividades escolares regulares deve ocorrer de acordo com as diretrizes das autoridades sanitárias combinadas às regras estabelecidas pelos respectivos sistemas de ensino e instituições escolares das redes públicas, privadas, comunitárias e confessionais”, ressaltou Vera.

A Prefeitura de Laranjeiras vem fazendo o dever de casa e realizando mensalmente a entrega dos kits de alimentação, os professores vêm ministrando regularmente as aulas remotas, os estudantes participam de ações pedagógicas, como na semana do trânsito, semana da Pátria e tantas outras já executadas, ou seja, os alunos e profissionais não estão parados e todas as atividades são feitas através de planejamento e de acordo com o que prevê o calendário escolar definido pela Secretaria Municipal da Educação.

A secretária municipal de Saúde, Gabriela Carvalho reforçou que a decisão tomada pela gestão municipal é a mais prudente. “Apesar de estarmos em controle de pandemia e bem avançados na vacinação, não podemos relaxar. Nossos jovens, de faixa etária até os doze anos de idade, receberam apenas a primeira dose. As autoridades de saúde do mundo todo continuam alertando que a pandemia ainda não acabou. Caso haja, uma nova onda, temos que fechar tudo novamente. Portanto, a cautela é a melhor escolha”, frisou a secretária.

Midiando Comunicação/ASCOM PML.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Mais de 10 milhões ainda não sacaram fundo do PIS-Pasep
Aracajuanos mergulham no universo percussivo cultural do sábado
Homem é preso suspeito de agredir a enteada com chutes em Socorro
Adepol/SE lamenta a morte do delegado de Polícia Marcelo Hercos