Aracaju, 18 de outubro de 2021

Aracaju realiza Dia D contra Covid-19 e amplia pontos de vacinação da repescagem no sábado

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Para intensificar a vacinação na capital, a Prefeitura de Aracaju, por meio da Secretaria Municipal da Saúde, aderiu ao Dia D contra a covid-19, que acontecerá no próximo sábado, dia 25, em todo o estado.

Durante a coletiva de imprensa realizada na sede da Secretaria de Estado da Saúde, os gestores da área afirmaram que o objetivo da ação é ampliar a vacinação das pessoas com 18 anos ou mais, principalmente nos municípios que estão com cobertura vacinal de primeira dose abaixo de 95%.

Até o momento, a capital sergipana já vacinou 459.130 pessoas com mais de 18 anos de idade, o que equivale a 89,34% da população adulta da cidade. Entretanto, cerca de 50 mil pessoas com 18+ ainda não receberam a primeira dose em Aracaju.

Atualmente, dois pontos estão disponíveis para a repescagem, mas para o Dia D, esses pontos serão ampliados, totalizando sete pontos fixos para a vacinação das pessoas com 18 anos ou mais.

Serão pontos de repescagem no Dia D (25/09): Auditório Antônio Vieira Neto (Siqueira Campos), Faculdade Pio Décimo (avenida Tancredo Neves), Externato São Francisco (Suíssa), UBS Augusto Franco (Farolândia), UBS João Bezerra (Areia Branca), UBS Dona Jovem (Industrial) e UBS Onésimo Pinto (Jardim Centenário).

“É importante que a população entenda que é necessário avançar na vacinação. Muitas vezes há uma resistência filosófica ou pelo tipo de imunizante, mas precisamos deixar claro os riscos que as pessoas correm por conta dessa resistência. Para o Dia D montaremos pontos em todas regiões da cidade, para que não haja justificativa de dificuldade de acesso, e esses pontos serão exclusivamente para a repescagem”, salientou a secretária da Saúde de Aracaju, Waneska Barboza.

A secretária estadual de Saúde, Mércia Feitosa, falou da necessidade da proteção coletiva para a queda progressiva nos índices da pandemia. “Nosso propósito é vencer a pandemia. E a cobertura vacinal tem que ser elevada para quebrar a transmissão do vírus, principalmente porque a população adulta é a que registra maior adoecimento. Nós não enfrentamos a pandemia sozinhos, os municípios são fundamentais nesse trabalho”, destacou.

Documentos necessários

No dia da vacinação, pessoas com 18 anos ou mais que ainda não receberam a primeira dose devem apresentar documento de identificação com foto e CPF, comprovante de residência em seu nome ou em nome dos pais, além do cartão de vacina, se tiver. Caso não tenha cartão de vacina, um novo é emitido no momento da vacinação.

Informações e foto SMS

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Mais de 10 milhões ainda não sacaram fundo do PIS-Pasep
Aracajuanos mergulham no universo percussivo cultural do sábado
Homem é preso suspeito de agredir a enteada com chutes em Socorro
Adepol/SE lamenta a morte do delegado de Polícia Marcelo Hercos