Aracaju, 20 de outubro de 2021

GMs poderão ser reconhecidas com poder de polícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Durante essa semana, a Câmara Federal esteve analisando a Proposta de Emenda à Constituição 32 (PEC 32), a conhecida Reforma Administrativa. Foram apresentadas diversas emendas a essa PEC, numa tentativa de reduzir os danos aos servidores públicos. O deputado federal Fábio Henrique (PDT/SE), que é membro da Comissão Especial que avalia a PEC, fez a defesa do destaque que dá o poder de polícia às guardas municipais.

“Essa é uma vitória importante na Comissão Especial, aprovamos agora uma emenda que reconhece o poder de polícia para as guardas municipais. É extremamente justo! Quando fui prefeito, criei, equipei e fiz concurso para a guarda em Nossa Senhora do Socorro; e hoje estou feliz por poder contribuir para fortalecer as guardas municipais de todo o Brasil”, destacou deputado.

Fábio Henrique fez a defesa de que os guardas municipais são homens e mulheres que trabalham armados, fardados e identificados, na proteção dos municípios e também no combate à criminalidade. “Não é justo que o guarda municipal exerça a atividade de polícia e não seja reconhecido como tal. A aprovação desse destaque à PEC 32 é fazer justiça”, afirmou o sergipano. A PEC segue para votação e aprovação nos plenários do Congresso.

Por Henrique Matos

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Simula Enem aplicado presencialmente em todos polos Preuni
Belivaldo mostra o “dever de casa” que fez nas contas do Estado para “Sergipe avançar”
18 anos do Bolsa Família são destacados pelo deputado João Daniel em sessão da Câmara
Com 6ª alta consecutiva, preço da gasolina já está 12% mais caro nas primeiras semanas de outubro