Aracaju, 22 de outubro de 2021

Justiça confirma prisão dos envolvidos no crime contra delegado

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

A Justiça converteu, na tarde desta quinta-feira (23), as prisões em flagrante de Manuel Santos Farias Neto e Daniel dos Santos em prisões preventivas. Eles foram identificados como integrantes do grupo criminoso que vinha distribuindo cédulas falsas de dinheiro e que atingiu, com disparos de arma de fogo, o delegado Marcelo Hercos, na última terça-feira (21), na Zona de Expansão de Aracaju.

De acordo com a decisão judicial, as prisões preventivas foram decretadas tendo em vista a necessidade da aplicação da lei penal para a investigação ou a instrução criminal. Além disso, as prisões preventivas visam evitar a prática de novas infrações penais, assim como atende a gravidade do crime e as circunstâncias do fato.

Manuel Santos Farias Neto e Daniel dos Santos foram identificados a partir da análise das imagens das câmeras de segurança, exames periciais no local do crime e no veículo, assim como confessaram que vieram munidos de notas falsas e que estavam fazendo várias compras de pequeno valor para pegar o troco das compras.

Fonte e foto SSP

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

SES capacita profissionais sobre notificação da violência
Caixa d’água descoberta Santa Luzia vira pousada para urubus
Câmara do Jovem Empresário apresenta plano de estímulo aos negócios em Sergipe
Polícia Civil frustra entrega de droga no município de Itabaiana