Aracaju, 20 de outubro de 2021

Muribeca: matrículas da rede pública de ensino aumentam em 15%

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

A rede pública municipal de ensino da cidade de Muribeca vem apresentando dados significativos no quesito matrículas. Em 2021, são 1553 alunos matriculados em etapas da educação infantil, ensino fundamental e nas modalidades de educação de jovens e adultos do ensino fundamental (EJAEF) e atendimento educacional especializado (AEE), um número maior que 2020, quando a quantidade de alunos eram 1322, ou seja, um aumento de 15%.

Os dados são oriundos do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) através da realização do Censo Escolar. A Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Esporte e Turismo, é responsável por 12 unidades escolares distribuídas na sede do município e na zona rural. O maior polo educacional é a Escola Municipal Senador Walter Franco com 469 alunos matriculados, seguida pela Escola José Batista dos Santos do povoado Visgueiro, com 274 alunos.

O Prefeito Mário César da Silva Conserva comemorou o resultado do aumento das matrículas em meio ao período considerado de desafios, quando as relações professores/alunos tiveram que ser revistas e os canais de aprendizagem se adequarem ao ensino remoto. “Mesmo diante da pandemia e a necessidade do distanciamento social, iniciamos o ensino remoto e aumentamos as matrículas. Esses números tendem a aumentar, já que o sistema de matrícula não está fechado, o que significa que a rede continua tendo capacidade para receber novos estudantes”, afirmou.

Segundo Norma Freire, Diretora do Departamento de Educação, diversos fatores contribuíram para o aumento dessas matrículas. “Isso é resultado da busca por alunos que estavam fora da sala de aula através do programa Busca Ativa Escolar, além da rematrícula, parcerias com outras Secretarias e ações para manter o alunado na escola.” destaca

“Estamos colocando em prática alguns programas a nível Municipal, Estadual e Federal para que essa distorção idade/série e o baixo índice de alfabetização sejam anulados. Para fortalecer essas ações, estamos realizando capacitações e formações continuadas dos professores, e com isso, diminuir o analfabetismo e consequentemente melhorar o índice de Educação Básica (IDEB) de Muribeca.” Finalizou Norma

Por conta da pandemia da covid-19, não houve atividades escolares presenciais ou remotas durante o ano de 2020. em 2021, foram realizadas atividades remotas com a distribuição de atividades e acompanhamento através dos professores. O retorno das aulas presenciais acontecem no dia 04 de outubro.

Da assessoria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Simula Enem aplicado presencialmente em todos polos Preuni
Belivaldo mostra o “dever de casa” que fez nas contas do Estado para “Sergipe avançar”
18 anos do Bolsa Família são destacados pelo deputado João Daniel em sessão da Câmara
Com 6ª alta consecutiva, preço da gasolina já está 12% mais caro nas primeiras semanas de outubro