Aracaju, 23 de outubro de 2021

Projeto social contribui para a inclusão social de jovens no Agreste

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Com apoio da Energisa Sergipe, cerca de 370 jovens têm acesso à música

A Sociedade Filarmônica Nossa Senhora da Conceição tem mudado a vida de 370 jovens no Agreste Sergipano por meio da música. Os jovens têm aula de iniciação musical, prática de conjunto em orquestras, bandas, grupo de violão, flauta doce, piano e percussão. A instituição conta com o apoio da Energisa Sergipe desde 2020.

O monitor Yan Alves Oliveira mora no município de Itabaiana e há cinco anos estuda música na Sociedade Filarmônica Nossa Senhora da Conceição. Quando entrou na instituição, ele não sabia tocar nenhum instrumento. Ao longo dos anos, Yan aprendeu a tocar violino e hoje é monitor.

“Comecei com o violino. Aprendi do zero a tocar. Faz um mês que me tornei monitor. Eu sinto que esta instituição agrega muito valor não só para a cidade, como também ajuda a sociedade como um todo. Temos crianças à mercê da sociedade. Com um projeto como este, a gente consegue tirar essas crianças da rua e oferecer um caminho melhor”, afirma Yan.

O músico Laedson Santos Souza, 22 anos, ministra aula de violão e trabalha na luteria, espaço destinado para manutenção, reforma e construção de instrumentos de arcos e cordas utilizados pelos alunos na instituição.

“Minha vida mudou totalmente com este projeto. Quando entrei aqui comecei a viver música o tempo todo. Fazia Engenharia Mecânica e fui me aperfeiçoamento cada vez mais na música e deixei a faculdade de engenharia e para estudar música”, conta Laedson.

A instituição atende jovens de Itabaiana, Moita Bonita, Ribeirópolis e Macambira. O apoio financeiro da Energisa é utilizado no pagamento de professores, monitores e bolsistas. O presidente da Sociedade Filarmônica Nossa Senhora da Conceição, Valtênio Alves de Souza, destaca a importância do apoio da Energisa.

“A importância desse patrocínio da Energisa significa manter uma tradição de 276 anos de atividade. Este patrocínio veio guardar esta instituição que representa a maior expressão cultural do nosso município e de Sergipe. O impacto social vem no que diz respeito a musicalizar crianças e adolescentes, ocupando o tempo ocioso com a inclusão social e transformando em cidadãos que mais tarde venham exercer o seu papel na sociedade. Muitos deles têm se tornado músicos, professores, estudantes do curso de licenciatura em Música, músicos em corporações militares e orquestras sinfônicas espalhado por todo país”, ressalta Valtênio Alves de Souza.

A Energisa Sergipe, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, conhecida como Lei Rouanet, apoia a Sociedade Filarmônica Nossa Senhora da Conceição desde 2020, por acreditar no papel transformador da instituição para os jovens da região.

“É muito gratificante constatar que conseguimos ajudar a fazer a diferença na vida dos nossos jovens. Estamos mantendo o nosso compromisso com o apoio financeiro deste importante programa cultural que, muito contribui para a ascensão social dos jovens sergipanos. Acreditamos que a música tem o poder de transformar a vida tanto dos alunos, quanto de suas famílias e de quem os ouve tocar”, afirma o diretor-presidente da Energisa Sergipe, Roberto Carlos Currais.

Foto assessoria

Por Adriana Freitas

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Polícia Civil de Estância realiza quatro prisões por tráfico de drogas no município
Aracaju suspende vacinação contra Covid durante o fim de semana 
Empresa ceramista sergipana inicia vendas e retoma fábrica
Terceiro sorteio da mega-semana da sorte pode pagar R$ 26,5 milhões neste sábado (23/10)