Aracaju, 19 de outubro de 2021

Festa de Nossa Senhora Aparecida será realizada no município sergipano que leva o nome da Padroeira do Brasil

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Cumprindo todos os protocolos de saúde, Festa acontecerá sem a tradicional Romaria, que há mais de 15 anos leva milhares de romeiros ao município

O mês de outubro é sinônimo de Festa para milhares de devotos sergipanos da cidade de Nossa Senhora Aparecida, título da mãe de Jesus venerado em todo país e reconhecida como rainha e padroeira da nação. A cidade localizada no interior sergipano que em tempos sem pandemia recebe milhares de romeiros todos os anos, se prepara para celebrar a festa sem o grande número de pessoas de todos os anos.

“A pandemia nos privou da grande Romaria no ano passado e neste ano. No entanto, como filhos e peregrinos da Mãe Aparecida, cumprindo todos os protocolos estabelecido pelas organizações de saúde, celebraremos os 12 dias de festa até o 12 de outubro para que os devotos possam agradecer tantas graças alcançadas nestes difíceis períodos dos últimos dois anos”, informa o Padre Felipe Serafim, Missionário Redentorista e pároco do município.

Com o tema proposto pela Igreja “Mãe Aparecida, rogai por nós e abençoai nossas famílias”, a cidade já entra no clima da festa nas primeiras horas do dia 1º de outubro, com a alvorada festiva. No dia 1º de outubro, também ocorre uma Missa e Adoração às 19 horas, tendo sequência no dia 2, com um momento Mariano também às 19 horas. Entre os dias 3 e 11, todos os dias, as celebrações ocorrerão ao meio-dia, com adoração ao Santíssimo Sacramento e às 19h com Missas que serão celebradas por Padres de toda a Arquidiocese de Aracaju e Missionários Redentoristas.

O dia festivo de 12 de outubro, feriado nacional, tradicionalmente atraí, desde às suas primeiras horas, uma verdadeira multidão que toma conta da Rodovia que liga ao município vizinho de Ribeirópolis. Por conta da pandemia, a programação contará com sete missas que começam já na madrugada, para atender o público que queira participar de celebrações com segurança. Às 0h, 5h, 6h, 8h e 12h o pároco e vigários se dividirão nas celebrações, às 10h o município receberá a presença do arcebispo metropolitano de Aracaju, Dom João José Costa, já às 17h, o bispo da Diocese de Pesqueira – PE, Dom José Luiz Ferreira Salles, estará na cidade para o encerramento da festa.

PREFEITURA TAMBÉM SE PREPARA

Quem também pensa em toda logística do evento, que é o maior do calendário do município é a Prefeitura Municipal. Para a prefeita, Jeane da Farmácia, “a festa é a que atraí o maior número de pessoas no calendário festivo do município, o que gera muitos empregos todos os anos e faz a cidade receber romeiros de Sergipe, além fronteiras. Incentivar a Festa e auxiliar a Igreja para que tudo saia da melhor forma é algo que eu já fazia antes de chegar no cargo de prefeita e hoje, enquanto Prefeita, sei que todo incentivo é também investimento no nosso turismo.”

Fonte e foto assessoria

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

“Mais ciclistas estão morrendo e precisamos agir rápido”, diz Breno 
Vereador Cícero pede urgência em obras de pavimentação no Bairro Santa Maria
Aracaju lança projeto para infraestrutura de dados espaciais
Editora Seduc divulga o resultado preliminar das obras selecionadas para publicação