Aracaju, 19 de outubro de 2021

Seduc mobiliza dirigentes municipais para aplicação do Saese

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

A Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura realizou na manhã desta quinta-feira, 30, um encontro com dirigentes municipais de Educação do Leste Sergipano. A iniciativa foi da Diretoria Regional de Educação 4, sediada em Japaratuba, em parceria com a Coordenadoria de Estudos e Avaliação Educacional (Ceave), e teve como objetivo mobilizar os secretários quanto à aplicação e participação dos alunos no Sistema de Avaliação da Educação Básica de Sergipe (Saese). O encontro foi realizado no auditório da sede da DRE 4 e contou com gestores educacionais dos nove municípios jurisdicionados à Regional, além de mais três (Muribeca, Maruim e Santo Amaro das Brotas), que fazem parte do polo de aplicação da avaliação.

A diretora da DRE 4, Maria Luiza Rodrigues de Albuquerque Omena, destacou a importância do regime de colaboração entre Estado e municípios e a necessidade de sensibilizar os dirigentes municipais sobre a importância da aplicação das provas do Saese. “Esse diálogo com os municípios é muito importante. Com o pacto da Alfabetização na Idade Certa, implantado pela gestão do governador Belivaldo Chagas e do secretário Josué Modesto dos Passos Subrinho, existe uma intenção de aproximação maior entre Estado e municípios, pois temos que fazer um trabalho em conjunto dentro do Programa Alfabetizar pra Valer, Currículo de Sergipe, transporte escolar, entre outras ações. O Saese é uma avaliação diagnóstica por meio da qual conseguiremos entender em que nível se encontram os nossos estudantes, até para que possamos fazer uma preparação para as avaliações do Saeb, que virá logo em seguida”, disse.

Durante o encontro, a professora Joniely Cruz, diretora da Coordenadoria de Estudos e Avaliação Educacional (Ceave), fez a apresentação das informações principais sobre o Sistema de Avaliação da Educação Básica de Sergipe (Saese), que acontecerá no período de 18 a 29 de outubro para os estudantes matriculados nos 2º, 5º e 9º anos do ensino fundamental e nas 3ª séries do ensino médio das escolas públicas estaduais e municipais de Educação Básica de Sergipe. “Hoje é uma manhã de mobilização, engajamento e de diálogo com os secretários municipais de educação, cujo objetivo é trazermos a informação sobre a importância do Saese. Queremos também mostrar a importância de uma Busca Ativa efetiva dos nossos estudantes para estarem presentes no período dessa importante.  avaliação, que trará indicadores, dados e evidências para a gente iniciar 2022 tendo essas referências como um farol para possibilidades de intervenções”, declarou.

Ela destacou os principais objetivos do Saese, que acontecerá anualmente, como avaliar a qualidade e eficiência da educação sergipana; subsidiar a elaboração e aprimoramento de políticas públicas, entre outros; além das vantagens do sistema de avaliação, como a produção de resultados comparáveis às avaliações nacionais; comparação da evolução das escolas das redes a cada ano; subsídios para a formulação de programas de formação de professores etc.

A rodada de encontros de mobilização já ocorreu também nos municípios circunscritos às Diretorias Regionais de Educação 1, 5, 7 e 9.

Mobilização

Os secretários municipais de Educação que participaram do encontro mostraram-se engajados na mobilização afim de que os alunos dos seus municípios participem do Sistema de Avaliação da Educação Básica de Sergipe. Para Fabiana Oliveira, secretária de Educação de Santa Rosa de Lima, essa avaliação será de grande importância. “Mais do que nunca, vai nos servir de direcionamento para o que nós podemos fazer com o objetivo de amparar e mitigar os impactos desse processo pandêmico na Educação. Acredito que poderemos ter bons resultados, mas que os resultados da avaliação nos servirão para nos debruçarmos e vermos o que podemos projetar no futuro a fim de amenizar os impactos da pandemia nos alunos e professores”, afirmou.

O secretário municipal de Educação de Carmópolis, Dirceu Passos, declarou que o Saese servirá também para planejar ações futuras. “É muito importante para que a gente saiba como está o nível de conhecimento dos nossos alunos. Agora, tendo essa avaliação estadual, teremos um parâmetro melhor que será aplicado anualmente. A partir do momento em que tivermos um diagnóstico de como estão os indicadores da nossa rede, poderemos fazer o planejamento para os anos seguintes e tentar melhorar de imediato o que precisa ser melhorado”, disse.

Já Adriana Silva Santos, gestora da pasta de Educação em General Maynard, destacou que “esse será um momento para avaliar o que os alunos conseguiram aprender em casa e como os professores conseguiram se readequar em sua maneira de trabalhar. Tudo foi um aprendizado para eles. Foi um momento de todos se reinventarem e descobrir novas formas de ensinar e aprender. Acredito que teremos resultados positivos”.

Assessoria de Comunicação da SEDUC

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Editora Seduc divulga o resultado preliminar das obras selecionadas para publicação
Epecialistas orientam como alimentação pode prevenir câncer de mama
Procuradoria da Mulher: “Já existe, mas está difícil ser materializada”, afirma vereadora
Dr. Samuel apresenta Moção solicitando a rejeição da PEC 05/21 que trata da composição do CNMP