Aracaju, 22 de outubro de 2021

Aracaju recebe equipe do Ministério da Saúde para fortalecer o CIEVS

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Com a finalidade de fortalecer e atingir os preceitos básicos que são definidos no regulamento sanitário internacional, gestores da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Aracaju receberam, nesta sexta-feira, 1º, representantes do Centro de Informações Estratégicas e Resposta em Vigilância em Saúde (CIEVS) do Ministério da Saúde (MS), na sede da SMS.

De acordo com a referência técnica do CIEVS da SMS, Larissa Ribeiro Lobo, o Centro de Informações de Aracaju realiza ações e intervenções de relevância municipal, estadual e nacional com o propósito de detectar, avaliar e monitorizar as notificações.

“O objetivo principal do CIEVS é fortalecer a capacidade do Sistema Nacional de Vigilância em Saúde, para identificar precoce e oportunamente emergências em saúde pública, a fim de organizar a adoção de respostas adequadas que reduzam e contenham o risco à saúde da população”, explica.

Ações realizadas

Ainda segundo Larissa, o Centro realiza busca ativa e notícias que possam caracterizar um risco de emergência em saúde pública diariamente. “Elaboramos clipping; boletins epidemiológicos; plano de contingência do município; Programação Anual da Saúde [PAS]; a Comissão de óbitos eventos adversos pó-vacina da covid-19; investigação de surtos; e elaboração do painel de monitoramento da covid”, enfatiza.

Sala de situação

A Sala visa integrar variáveis e indicadores que possibilitem elaborar diagnósticos, que orientem discussões e tomadas de decisão. “A proposta da sala surgiu com a necessidade de gerar dados referentes à pandemia, incidência padronizada por bairro, sexo e idade [medindo risco de transmissão da doença], mortalidade [medindo a carga da doença] e letalidade padronizada por bairro, sexo e idade [medindo o grau de isolamento da população] por estabelecimento. Foi criado também o MonitorAju, com o intuito de ser um canal de orientação para covid-19, o qual monitora os casos suspeitos e confirmados, abrangendo o tempo de isolamento domiciliar do paciente”, relata.

Segundo a técnica da coordenação geral de emergências em Saúde Pública do Ministério da Saúde, Daniele Soares, estão sendo realizadas visitas aos CIEVS municipais e estaduais para verificar a capacidade básica da Rede. “Nessas visitas verificamos toda a capacidade instalada, seja relacionada a recursos humanos, ou recursos tecnológicos e também alguns documentos relacionados ao processo de trabalho para fortalecimento do Centro”, afirma.

Fonte e foto assessoria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Prefeitura de Barra e Sebrae realizam curso para microempreendedor individual
Plantação de maracujá na irrigação estadual dá frutos de alta qualidade
SES capacita profissionais sobre notificação da violência
Caixa d’água descoberta Santa Luzia vira pousada para urubus