Aracaju, 18 de outubro de 2021

Aracaju chega à marca de 500 mil pessoas vacinadas contra covid-19

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Do longo abraço na fila do drive, se concretizou um misto de emoções. Há cerca de três meses, Francesco Garofani, de 12 anos, que foi acompanhado pela mãe, Guacira Souza, perdeu o avô, vítima da covid-19. Dentro dos instantes que acomodaram o aconchego entre os braços, mãe e filho homenageavam o ente querido e suspiravam de alívio por mais uma vida poder ser protegida com a vacina, ainda que com a dor pelas tantas que não tiveram a mesma oportunidade.
Passados quase nove meses de vacinação contra covid-19 na capital sergipana, os números relacionados à adesão dos aracajuanos à imunização têm sido significantes para o controle da pandemia. Nesta segunda-feira, 4, quando a Prefeitura de Aracaju, por intermédio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), abriu o calendário para adolescentes de 12 anos, a vacinação alcançou a marca de 500 mil pessoa com, pelo menos, a primeira dose do imunizante.
“Ter o filho imunizado, diante dessa pandemia e tantas vidas perdidas, é tudo o que uma mãe que ver, e hoje, é um momento de muita emoção, tanto pelo luto do meu avô, como também pela oportunidade de tê-lo imunizado”, conta Guacira.
“Essa vacina é a chance que temos de voltar, um pouco, a ter uma certa normalidade. No meu caso, voltar a ir à escola, ver meus avôs, além de me sentir mais protegido”, completa Francesco.
Chegar aos 500.822 vacinados em Aracaju, quando, no Brasil, outras 598 mil pessoas morreram vítimas da covid-19, é de fundamental importância, afinal, são vidas sendo salvas graças à eficácia dos imunizantes.
Durante todo o dia, foram vacinadas 9.126 pessoas, sendo 3.404 adolescentes de 12 a 17 anos, além de 3.578 pessoas com a segunda dose. Em relação à dose de reforço foram imunizadas 317 pessoas. Com mais esse quantitativo, a capital sergipana alcançou o que equivale a 87,87% da população acima de 12 anos vacinada com, pelo menos, a primeira dose, até o momento.
Atualmente, além da vacinação dos adolescentes de 12 anos, que continua até a próxima quarta-feira, 6, a SMS segue com aplicação da segunda dose da CoronaVac, a antecipação da segunda dose da AstraZeneca (pessoas com a D2 marcada te 20 de outubro) e Pfizer (pessoas com a D2 marcada até 31 de outubro), além da aplicação da dose de reforço para pessoas acima de 60 anos que tomaram a segunda dose até 15 de abril, e pacientes com alto grau de imunossupressão, de 50 a 59 anos, que tenham tomado a segunda dose há mais de 28 dias.
Alívio em família 
Há praticamente dois anos sem aula presencial, Raíssa Barros, acompanhada do pai, recebeu sua primeira dose.
“Estava ansiosa para receber a vacina e me sinto muito feliz por isso, ainda mais porque ninguém em casa teve covid-19 e mantivemos todos os cuidados”, afirma Raíssa.
Na casa de Bruna Eduarda, os dois irmãos mais novos, de 10 e 6 anos, aguardam a vacinação, mas ela já garantiu a alegrias dos pais.
“A pandemia tem sido difícil, mas a vacina dá uma alegria pra gente. Em casa, todos estão se cuidando e esperando os mais novos serem vacinados. Hoje, estou muito mais aliviada”, conta Bruna.
Acompanhado dos pais, da avô e da irmã mais nova no ponto de vacinação, Rafael Moura Bonfim ressaltou que sabe da necessidade dos cuidados, mesmo com a primeira dose.
“Até tomar a segunda dose, sei que preciso manter muitos cuidados, assim como as outras pessoas, até que não tenhamos mais risco com a pandemia. Durante esses quase dois anos, só tive contato com quem mora comigo e foi bem difícil ficar longe dos amigos, mas sei que é muito importante pela saúde de todos”, ressalta Rafael.
Para sua mãe, Aline Moura, o momento foi muito aguardado. “Fizemos muitos esforços para chegar a esse momento, mantendo todos os cuidados. O Rafael é prova disso, já que, mesmo sendo uma criança, sempre teve consciência do que era certo e fazia a sua parte para se proteger e proteger as demais pessoas”, frisa.
D2 de AstraZeneca e da Pfizer
Para quem precisa receber a segunda dose de AstraZeneca até 20 de outubro pode procurar um dos seguintes pontos de vacinação: UBSs Augusto Franco (Farolândia), Cândida Alves (Santo Antônio), Francisco Fonseca (18 do Forte), Marx de Carvalho (Ponto Novo), Roberto Paixão (17 de Março), Externato São Francisco (Suíssa) e Auditório Antônio Vieira Neto, das 8h às 16h; além dos drive-thrus do Parque da Sementeira e do 28 BC, das 8h às 17h.
Já a segunda dose de Pfizer está disponível nos drive-thrus do Parque da Sementeira e do 28 BC (das 8h às 17h), na Estação Cidadania (Bugio), Faculdade Pio Décimo (Av. Tancredo Neves), UBS Santa Terezinha (Robalo), Uninassau (Av. Augusto Franco) e Universidade Tiradentes (Farolandia), das 8h às 16h. Para ser vacinado, basta levar o cartão de vacina comprovando que tomou a primeira dose, um documento com foto e CPF e um comprovante de residência de Aracaju no nome da pessoa que vai tomar a vacina.
CoronaVac
A segunda dose de CoronaVac segue sendo ofertada no auditório anexo à Escola Municipal Presidente Vargas, na Estação Cidadania (Bugio), na Faculdade Pio Décimo (Tancredo Neves) e na Unit (Farolândia), das 8h às 16h.
Repescagem
A respescagem segue para pessoas de 18 a 59 anos. Os pontos de repescagem funcionam de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h. São eles: UBS João Bezerra (Areia Branca); UBS Niceu Dantas (Mosqueiro); UBS Geraldo Magela (Orlando Dantas); UBS Celso Daniel (Santa Maria); UBS Hugo Gurgel (Coroa do Meio); UBS Ministro Costa Cavalcante (Inácio Barbosa); UBS Joaldo Barbosa (Bairro América); UBS Edézio Vieira de Melo (Siqueira Campos);  UBS Maria do Céu (Centro); UBS Dona Jovem (Bairro Industrial); UBS Carlos Fernandes (Lamarão); UBS Eunice Barbosa (Porto Dantas); UBS Anália Pina (Almirante Tamandaré); UBS José Machado de Souza (Santos Dumont); UBS Onésimo Pinto (Jardim Centenário); e UBS Carlos Hardman (Soledade).
Dose de reforço
O reforço para os idosos acima de 60 anos, que tomaram a segunda até 15 de abril, e a terceira dose dos imunocomprometidos, a partir de 50 anos, também está sendo disponibilizado nos seguintes pontos fixos, das 8h às 16h: UBS Santa Terezinha (Robalo); Shopping Riomar (Coroa do Meio); Aracaju Parque Shopping (Bairro Industrial); Universidade Tiradentes (Farolândia); Uninassau (avenida Augusto Franco); Igreja Universal do Reino de Deus (próximo ao viaduto do DIA); e Estação Cidadania (Bugio).
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Mais de 10 milhões ainda não sacaram fundo do PIS-Pasep
Aracajuanos mergulham no universo percussivo cultural do sábado
Homem é preso suspeito de agredir a enteada com chutes em Socorro
Adepol/SE lamenta a morte do delegado de Polícia Marcelo Hercos