Aracaju, 20 de outubro de 2021

Belivaldo anuncia a convocação de 500 policiais militares até janeiro de 2022

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

O governador Belivaldo Chagas, em entrevista nesta quinta-feira (07) anunciou que vai convocar mais 500 aprovados do concurso da Polícia Militar de Sergipe até janeiro de 2022. “Vou convocar todos eles para que a gente possa colocar mais 500 policiais militares nas ruas e reforçar a segurança no nosso estado”, disse Belivaldo.

Belivaldo explicou que todos os convocados servirão para compor o quadro do funcionalismo público estadual e melhorar ainda mais o serviço, especialmente na área da Segurança do estado que já apresenta ótimos resultados. Segundo Belivaldo, a ideia é convocar, dentro do prazo de validade do concurso, todo o restante de aprovados.

O governador anunciou, ainda, que assinará, o decreto de nomeação convocando cerca de dez delegados da Polícia Civil. “Vamos sair convocando a turma que a gente puder”, finalizou Belivaldo ressaltando também a garantia do salário em dia. Essa será a sétima convocatória do concurso nº 07/2018, realizado em 14 de outubro de 2018, pela Sead, com 4.677 inscritos.

Buscando sempre melhorar a área da segurança em Sergipe, o Governo do Estado por meio da Secretaria de Estado da Administração (Sead), realizou, em setembro, o concurso público para provimento de vagas nos cargos de Agente de Polícia Judiciária e de Escrivão da Polícia Civil do Estado de Sergipe.

Além disso, para reforçar ainda mais a segurança no estado, 156 aprovados no Concurso Público nº 06/2018 para Guarda de Segurança do Sistema Prisional assinaram termo de posse, também em setembro.

Foto Mário Sousa

Com informações da ASN

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Simula Enem aplicado presencialmente em todos polos Preuni
Belivaldo mostra o “dever de casa” que fez nas contas do Estado para “Sergipe avançar”
18 anos do Bolsa Família são destacados pelo deputado João Daniel em sessão da Câmara
Com 6ª alta consecutiva, preço da gasolina já está 12% mais caro nas primeiras semanas de outubro