Aracaju, 18 de outubro de 2021

PMA orienta o segmento de eventos para retomada de atividades

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Com a flexibilização das medidas restritivas de enfrentamento à pandemia e a reabertura das atividades econômicas, estabelecidas em decretos dos governos estadual e municipal, o setor de eventos se mobiliza para retomar o ritmo de atividades pré-pandemia.

Pensando no sucesso e organização de cada evento, de forma a evitar a corrida pela ocupação dos mesmos espaços e o conflito de datas, a Prefeitura de Aracaju reuniu, na manhã desta quinta-feira, 7, na Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb), representantes da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Sergipe (Fecomércio/SE), Associação Brasileira de Bares e Restaurantes  (Abrasel), Associação Brasileira dos Promotores de Eventos (Abrape), além do presidende da Frente Parlamentar de Turismo (FPT), da Câmara de Municipal de Aracaju, vereador Fabiano Oliveira.

“Reunimos todos os interessados que já tinham protocolado pedidos e pleitos para ocuparem espaços temporários na Orla da Atalaia, seja para realização de feiras, eventos ou shows e chegamos ao consenso pela possibilidade de todos serem contemplados nas suas respectivas datas”, informou o presidente da Emsurb, Luiz Roberto Dantas.

O presidente da Emsurb disse reconhecer as dificuldades vivenciadas pelo setor, o qual, segundo destacou, “foi um dos que mais sofreu com a pandemia e por pertencer a uma cadeia produtiva merece a atenção da Prefeitura”.

“Desta forma, promovemos a reunião por entender que não deve ser uma decisão unilateral da gestão. Aqui, ouvimos empresários, produtores, montadores de feiras e, juntos, conseguimos um consenso que foi fundamental para atender a todos até o mês de maio do próximo ano”, explicou Luiz.

Para os representantes das entidades do setor de eventos, a iniciativa da realização da reunião por parte da Prefeitura foi bastante proveitosa.

“A reunião foi  de conciliação, de diálogo, de um ato democrático da Prefeitura, através da Emsurb, que solicitou esse encontro com as entidades e partes interessadas de empresários com reivindicações feitas para realização dessa retomada de eventos, principalmente, na Praça de Eventos da Orla da Atalaia. Saímos dessa reunião contemplados, satisfeitos e felizes pela condução da Emsurb,”, disse o vereador Fabiano Oliveira.

Coordenador da Câmara Empresarial da Fecomércio, Alexandre Porto disse ter ficado satisfeito com a iniciativa, “porque há pedidos conflitantes, datas comuns e eventos semelhantes”. “O setor está sofrendo há tanto tempo que quando começa a liberar, todos querem fazer seu evento e tentar faturar para sair da crise. Então, acredito que o resultado foi muito positivo, porque todos os eventos conseguiram ser acomodados, ou mudando de data, ou acomodando em espaços diferentes, espaços próximos. Essa atitude da Prefeitura acabou facilitando a realização dos eventos, então, ninguém vai deixar de fazer o seu”, reconheceu.

Ao término do encontro, o vice-presidente da Abrape, Gustavo Paixão, parabenizou o presidente Luiz Roberto “pela iniciativa de convocar esse grupo que não foi só dos eventos, mas das feiras, das exposições”. “Houve um entendimento de 100%. Todos os eventos se entenderam. Feiras e eventos vão poder acontecer simultaneamente, até porque são espaços diferentes”, opinou.

O vice-presidente da Abrasel também se posicionou. João Guilherme Almeida informou que a ocasião deixou a todos satisfeitos e até conversando para unir forças prevendo novos objetivos.

Aprovação de órgãos sanitários

O presidente da Emsurb lembrou ainda que, conforme os últimos decretos, o público permitido em eventos é de 900 pessoas em locais abertos e de 600 em locais fechados. “Poderá haver novas mudanças a partir de novembro. No entanto, qualquer tipo de evento, independente do público, deverá ter seu projeto submetido à aprovação dos órgãos sanitários, a exemplo da Secretaria de Estado da Saúde (SES).

Fotos: Felipe Goettenauer

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Mais de 10 milhões ainda não sacaram fundo do PIS-Pasep
Aracajuanos mergulham no universo percussivo cultural do sábado
Homem é preso suspeito de agredir a enteada com chutes em Socorro
Adepol/SE lamenta a morte do delegado de Polícia Marcelo Hercos