Aracaju, 18 de outubro de 2021

Profissionais com 60 anos e mais retornam ao trabalho no Hospital Regional de Socorro

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Esta última quinta-feira, 08, foi um dia marcante para os trabalhadores com 60 anos e mais do Hospital Regional de Nossa Senhora do Socorro. Afastados de suas atividades há mais de um ano por conta da pandemia do novo coronavírus, para eles voltar à vida profissional tem o gosto do começar de novo. “Apesar de inúmeros fatos ocorridos, emocionantes, na vivência de 51 anos na profissão, hoje desabei ao retornar ao meu amor figadal: ser médico”, declarou Raulino Galrão Lima, 84 anos.

Tomado por emoções difíceis de aferir, o retorno ao trabalho deu a Raulino Galrão uma nova oportunidade de medir a grandeza da medicina. “Sobrepesei quão importante é a nobreza da profissão quando feita com amor, competência e olhando nos olhos dos nossos pacientes. A alegria expandida pelos colegas, enfermagem e administração fez pingar lágrimas emotivas, que me deu a assertiva: vou continuar médico”, atestou.

Para o gerente Administrativo do Hospital Regional de Nossa Senhora do Socorro, José Germano Reges Souza, o momento é de felicidade. “Sentimentos de alegria com muita emoção no meu retorno ao trabalho presencial. Nesse momento de pandemia, esforcei-me ao máximo para contribuir exercendo as atividades à distância. Feliz por estar de volta”, disse.

A superintendente da unidade hospitalar, Iza Leó do Prado, informou que, segundo orientação da Secretaria de Estado da Saúde (SES), os profissionais com mais de 60 anos que estavam afastados pelo decreto governamental deveriam, se vacinados com as duas doses, retornar ao trabalho. “Foi para nós motivo de muita alegria. São profissionais que fazem história no nosso hospital, com muitos anos no serviço público e dedicados em tudo que fazem”, ressaltou.

Fonte e foto assessoria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Mais de 10 milhões ainda não sacaram fundo do PIS-Pasep
Aracajuanos mergulham no universo percussivo cultural do sábado
Homem é preso suspeito de agredir a enteada com chutes em Socorro
Adepol/SE lamenta a morte do delegado de Polícia Marcelo Hercos