Aracaju, 22 de outubro de 2021

Laércio discute com produtores do alto sertão sergipano a construção do Canal Xingó

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Os produtores do alto sertão sergipano se reuniram na manhã desta sexta-feira, 8, em Poço Redondo, com o deputado federal Laércio Oliveira (PP), para discutir a construção do Canal Xingó, projeto que vida garantir o abastecimento de água para cerca de 3 milhões de pessoas em Sergipe e na Bahia. Os produtores ainda têm dúvidas sobre as etapas do projeto e de que forma ele irá beneficiar todos os sertanejos

Laércio se comprometeu em agendar uma reunião entre o Governo Federal e uma comissão de produtores, para buscar mais informações sobre a obra. “O projeto é necessário para diminuir os efeitos da seca no sertão e trazer desenvolvimento para a região. Nós entendemos a urgência do Canal Xingó e por isso propomos a criação de uma comissão para irmos a Brasília discutir com o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, e o presidente da Codevasf, o andamento desta obra”, disse o deputado.

Djenal de Queiroz Neto, que representa a categoria, informou que o objetivo da reunião foi discutir o projeto e externar às necessidades de todos. “Nós criamos uma comissão de produtores e convocamos as principais lideranças da classe para esta primeira reunião com objetivo de nos inteiramos sobre o Canal Xingó, além de externar os nossos anseios e necessidades para que o alto sertão sergipano seja beneficiado e realmente atinja o propósito do canal que é desenvolver a nossa região com agricultura irrigada, pecuária, e que todos sejam beneficiados” , comentou.

O superintendente do Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa), Haroldo Araújo, também participou da reunião para entender as necessidades dos produtores. “É uma determinação do Ministério estar próximo de quem produz para apontar as políticas públicas que possam beneficiar a todos. Foi uma excelente reunião porque a gente acaba conhecendo as dificuldades do segmento e nos aproximando dos produtores”, frisou.

Canal Xingó

O projeto terá aproximadamente 300 quilômetros divididos em quatro fases. Ao custo de aproximadamente R$ 600 milhões, a primeira fase compreende o trecho que vai desde a captação de água no reservatório de Paulo Afonso IV, passando por Santa Brígida, na Bahia, e Canindé de São Francisco, até o reservatório R-5, em Poço Redondo, em Sergipe.

Da fase dois à fase quatro, serão contemplados os municípios sergipanos de Porto da Folha, Monte Alegre e Nossa Senhora da Glória.

Foto assessoria

Por André Carvalho

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Edição 100% digital da Feira do Empreendedor começa neste sábado
Alfabetizar pra Valer: Seduc inicia formação continuada para professores do 3º ano do ensino fundamental
Alunos e professores da rede estadual podem se inscrever no Torneio 
SAESE realizará curso de Suporte Avançado de Vida em Anestesia