Aracaju, 18 de outubro de 2021

Programa IST/Aids e voluntários da PM realizam manhã de lazer

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

A manhã deste sábado, 09, foi marcada por momentos de diversão, brincadeiras, cantorias e distribuição de brinquedos para as crianças com HIV e expostas, assistidas pela Casa de Apoio Bom Samaritano. Na ação alusiva ao Dia das Crianças, os pequenos tiveram a oportunidade de visitar o Parque da Cidade Governador José Rollemberg, localizado no Bairro Industrial, Zona Norte de Aracaju. A iniciativa foi organizada pelo Programa IST/ Aids da Secretaria de Estado da Saúde e voluntários da Polícia Militar.

J. S. de 11 anos, visitou pela primeira vez o Parque da Cidade e ficou encantado pelos animais e beleza do local. Além disso, destacou a alegria em participar da ação e partilhar com os colegas, também assistidos pela Casa de Apoio Bom Samaritano. A casa tem como missão desenvolver ações que fortaleçam as pessoas vivendo com HIV/AIDS. “Amo as ações com brincadeiras e diversão. Me sinto feliz em ganhar brinquedos e conhecer os lugares com os meus amigos. Tem muitos animais que nunca tinha visto antes, amei todos”, relatou com alegria.

Fantasiado de palhaço, o gerente do Programa IST/Aids, Almir Santana, fez a alegria da criançada, brincou e distribuiu brinquedos. “É um momento de lazer para as crianças, de solidariedade e de mostrar para a sociedade que elas existem e merecem atenção e respeito”, disse.

O médico ainda fez um alerta sobre a importância do pré-natal. “Essas crianças poderiam ter nascido sem o vírus se o pré-natal fosse realizado corretamente, por isso que nascem crianças com HIV. Um alerta aos gestores é que precisamos melhorar o pré-natal para mudar essa situação”, explica

O Sargento da Polícia Militar, Cezar Santos, contou que a parceria entre a Polícia Militar e a Casa Bom Samaritano é antiga. “Atentos às dificuldades da Casa Bom Samaritano em dar assistência a essas crianças, a maioria carente, nos conscientizamos disso e buscamos sempre ajudar. Com apoio do tático do 8º Batalhão, conseguimos fazer esse evento e arrecadar brinquedos de forma voluntária”, disse.

Muito grata, a tesoureira da Casa Bom Samaritano, Fátima Souza, relatou que estas ações fortalecem a associação. “A importância do evento realizado para as nossas crianças da Casa é de um significado muito grande. Todas essas ações são boas para a autoestima das crianças, leva a inclusão com a sociedade e melhora até o desenvolvimento na escola”, finaliza.

Foto: Flávia Pacheco

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Mais de 10 milhões ainda não sacaram fundo do PIS-Pasep
Aracajuanos mergulham no universo percussivo cultural do sábado
Homem é preso suspeito de agredir a enteada com chutes em Socorro
Adepol/SE lamenta a morte do delegado de Polícia Marcelo Hercos