Aracaju, 21 de outubro de 2021

Belivaldo diz que Rogério está fora da base e que, usando Lula, o convidou para disputar o Senado

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

O governador Belivaldo Chagas deixou claro, durante entrevista concedida na manhã desta quinta-feira (14) à Rádio Jornal, que o senador Rogério Carvalho (PT), pré-candidato ao governador pelo PT, está fora da lista dos cinco nomes da base aliada, que também dedejam disputar a sucessão estadual.

Para Belivaldo, todos os outros quatro pré-candidatos do bloco, entre eles, os deputados federais Fábio Mitidieri (PSD) e Laércio Oliveira (PP), além do prefeito Edvaldo Nogueira (PDT) e do conselheiro Ulisses Andrade, continuam com chances de ser o nome escolhido pelo agrupamento: “Todos vão ter de trabalhar e decidir entre eles. Não atrapalho a vida de ninguém, garantiu.

Sobre a definição do nome escolhido pela Base Aliada, o governador Belivaldo Chagas afirmou que ainda não há data definida, porque todos estão esperando uma definição dfinitiva sobre a situação do ex-deputado federal André Moura.

Belivaldo Chagas deixou claro que se André Moura quiser ser candidatos, “temos de ser justo e correto. O fato de esperarmos mais um pouco para definição do candidato a governador, não impede que quem quiser ser candidato trabalhe para isso”.

Ao comentar sobre a decisão do ex-governador Jackson Barreto de ter colocado o seu nome à disposição para disputar uma vaga ao Senado, o governador afirmou que considera legítimo ele pleitear uma vaga.

Convite de Lula – O governador Belivaldo Chagas fez uma revelação importante durante a entrevista: há cerca de 60 dias, o senador Rogério Carvalho o visitou, em Simão Dias, e disse que estava em missão, falou em nome do ex-presidente Lula: “Disse-me que Lula gostaria que eu fosse candidato ao Senado”.

Em resposta, Belivaldo disse a Rogério que, antes, o ex-presidente Lula havia dito a André (Moura) “que gostaria que ele fosse candidato ao Senado numa chapa com Rogério; ou seja, uma hora sou eu, antes era André”.

Para Belivaldo, o senador Rogério Carvalho (PT) deixou de fazer parte dos possíveis pré-candidatos a governador: “foi ele e foi o PT que saíram do bloco. Antes, eu prestava, agora diz que não fiz nada; a Agricultura e o Ipesaúde eram controlados pelo PT, e não fizeram nada?”.

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Governo de Sergipe paga o auxílio tecnológico a mais de 5.700 professores
Simula Enem aplicado presencialmente em todos polos Preuni
Belivaldo mostra o “dever de casa” que fez nas contas do Estado para “Sergipe avançar”
18 anos do Bolsa Família são destacados pelo deputado João Daniel em sessão da Câmara