Aracaju, 22 de outubro de 2021

Júri condena um acusado e absolve outro pelo assassinato do advogado Jarbas Feitoza, ocorrido no dia 11 de março de 2019

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

O júri popular que encerrado na madrugada desta quinta-feira (14), terminou na condenação de um homem a 13 anos de prisão e absolver outro pela morte do advogado Jarbas Feitoza Filho, de 33 anos, em Aquidabã ocorrido no dia 11 de março de 2019, numa propriedade rural.

Segundo a polícia, o crime foi motivado pro agiotagem. Na ocasião, os suspeitos fugiram levando o dinheiro e o aparelho de celular do advogado. Os dois foram presos alguns dias após o crime.

O homem absolvido era amigo da vítima. Ele foi acusado de articular o crime, armando uma emboscada. Por quatro votos a três, os jurados entenderam que ele não teve participação no crime e ele teve a liberdade decretada.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Câmara do Jovem Empresário apresenta plano de estímulo aos negócios em Sergipe
Polícia Civil frustra entrega de droga no município de Itabaiana
Sergipe recebe mais de 92 mil doses de vacina contra a covid-19, nesta sexta-feira
Edição 100% digital da Feira do Empreendedor começa neste sábado