Aracaju, 6 de dezembro de 2021

PC instaura inquérito para averiguar se houve indícios de crimes em coreografia em Maruim

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

A Polícia Civil instaurou inquérito policial para averiguar se existem indícios de crime em coreografia executada durante festival de dança realizado no ginásio de esportes do município de Maruim, no último domingo (10). O inquérito foi solicitado pelo Ministério Público de Sergipe, após apresentação repercutir de forma polêmica socialmente e viralizar nas redes sociais, devido aos movimentos apresentados supostamente remeterem a atos sexuais.

De acordo com o delegado de Maruim, Ataíde Alves, em decorrência da participação de crianças e adolescentes no concurso, a investigação se atentará em averiguar se houve indícios de crimes tipificados no artigo 240 do Estatuto da Criança e do Adolescente. “O artigo 240 prevê, dentre outras condutas, a produção e direção de cenas pornográficas, envolvendo menores de 18 anos e a pena de reclusão é de quatro a oito anos”, afirmou Ataíde.

No decorrer do inquérito, a Delegacia de Maruim realizará ouvidas, abrangendo as diversas esferas envolvidas, para esclarecer o caso, atendendo assim o pedido do Ministério Público. Detalhes dos trabalhos seguirão em sigilo, para não prejudicar o andamento da investigação.

Informações e foto SSP

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Mais da metade dos maiores de 18 anos consome bebidas alcoólicas
Assédio é principal violência a meninas em ambiente virtual
Entenda as novas regras da Tarifa Social de Energia Elétrica
Simão Dias receberá Centro de Especialidades Médicas e Base do Samu