Aracaju, 3 de dezembro de 2021

Adepol/SE lamenta a morte do delegado de Polícia Marcelo Hercos

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

É com pesar que a Associação dos Delegados de Polícia do Estado de Sergipe (Adepol/SE) informa o falecimento do delegado Marcelo Hercos, na madrugada deste domingo, 17, após o agravamento de seu quadro de saúde, no Hospital São Lucas.

Em razão do cumprimento de seu exercício profissional, compromisso e dedicação pela missão a ele confiada, o delegado Marcelo Hercos foi vítima da violência no dia 21 de setembro deste ano e apesar dos procedimentos cirúrgicos e cuidados hospitalares necessários para a sua recuperação, não resistiu.

Marcelo Hercos Lyrio tinha 43 anos, nasceu na cidade de Itu, em São Paulo, era casado e não tinha filhos. Há cerca de 15 anos, prestava serviço público como Delegado de Polícia na Secretaria de Segurança Pública de Sergipe (SSP/SE) e atualmente estava à frente  da Unidade Policial da 7ª Delegacia Metropolitana, localizada no Conjunto Jardim, em Nossa Senhora do Socorro.

Hercos teve seu trabalho reconhecido em lotações do estado sergipano, entre elas as cidades de Itabaiana, Lagarto, Boquim, Porto da Folha e Aracaju. Em seu currículo, consta uma lista de prêmios e títulos conquistados em razão da excelência de suas atividades profissionais, entre eles a “Moção de Parabenização” pela Câmara Municipal de Boquim (2017), a “Solicitação de Permanência” pelo Conselho Tutelar de São Cristóvão (2012), a “Moção de Congratulação e Aplauso” pela Câmara Municipal de Estância (2011) e também a “Menção Elogiosa” pela Superintendência Geral da Polícia Civil (2010).

Formado em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, em 2003, o delegado Marcelo Hercos também percorreu as áreas do Direito Público e adquiriu especializações em Direito Penal e Processo Penal (2007) e em Gestão Estratégica em Segurança Pública (2014). Os estudos e formações complementares fizeram parte de toda a sua trajetória profissional e acadêmica. Ainda, recentemente, participou dos cursos sobre os “Aspectos Jurídicos da Atuação Policial” e a “Filosofia dos Direitos Humanos Aplicadas à Atuação Policial”. Algumas das suas produções técnicas perpassam por palestras e ministração de cursos de curta duração ligados à sua área de atuação.

A Adepol/SE presta homenagem ao companheiro de profissão e se solidariza com os familiares pela perda irreparável. Desejamos forças aos parentes e amigos nesse momento tão difícil.

Marcelo Hercos não será esquecido!

Fonte Adepol

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Linda Brasil aprova em primeira discussão projeto que exige de intérprete de Libras
Dra. Paula Saab recebe Moção de Aplausos da Câmara Municipal de Aracaju
Alessandro Vieira trabalhou de forma intensa para melhorias na PEC dos Precatórios
TRE-SE cassa mandato do deputado federal Valdevan Noventa em votação unânime, mas cabe recurso junto aoTSE