Aracaju, 7 de dezembro de 2021

Vereador cobra benéficos para os professores contratados

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Enquanto educador, gestor, e presidente da Comissão da Educação da CMA, o vereador por Aracaju, Joaquim da Janelinha (PROS), utilizou do pequeno expediente do último dia 19, para cobrar benefícios também para os professores contratados.

O parlamentar aproveitou a ocasião para parabenizar o projeto do prefeito Edvaldo Nogueira, mas enfatizou que este deve contemplar de alguma maneira os professores contratados, e que, com uma certa urgência, é preciso igualar o mesmo tratamento do professor concursado com o contratado, já que ambos contemplam o mesmo papel que é lecionar.

“Eles precisam das mesmas condições de trabalho, não adianta diferenciar concursados para os contratados. Já conversamos com a secretária municipal da educação Mara Cecília, e ela nos informou que o prefeito e toda equipe estão realizando um planejamento para este fim, portanto, estes profissionais continuam questionando e nos procurando em busca de respostas sobre de que forma eles serão beneficiados”, concluiu Joaquim.

Professores On

Sancionada pelo prefeito Edvaldo Nogueira no último dia 20 de setembro, a Lei 5398/2021, que institui o programa Professores On, foi idealizada para que cada educador efetivo do magistério municipal tenha acesso a equipamentos tecnológicos de ponta, assegurando, assim, condições dignas para que possa lecionar no sistema híbrido, implantado em virtude da pandemia do coronavírus.

Além do auxílio para a compra dos equipamentos, os beneficiados também contam com o recebimento do valor de R$ 70,00, mensalmente, para apoio no custeio de plano de internet até dezembro de 2022.

Por Monique Costa

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Prefeitura de Simão Dias promove Vacinação Itinerante contra Covid-19
Vereadores do município de Itabaiana ajuízam ação popular na 1ª Vara Cível contra a Deso
Cursos EaD podem ser incluídos como opção de financiamento pelo Fies
Laranjeiras adapta formato do Encontro Cultural à pandemia